Conteúdo Dirigido

“Sem Medo de Sarar”: projeto faz crianças mudarem de ideia sobre saúde

COMPARTILHE
realização do projeto sem medo de sarar
Foto: Reprodução
1003

Por Lívian de Paula

E se existisse um jeito de sumir o medo de agulha? Ou se uma pílula mágica fosse capaz de anular todo o receio de ir a uma consulta médica? Muita gente gostaria de soluções tão rápidas e fáceis como essas que infelizmente não existem. Mas, e se pudéssemos evitar que sentimentos tão ruins como medo de hospital e agulha se desenvolvessem? A partir dessa ideia, alunos de Medicina e Psicologia da Faculdade Multivix Cachoeiro realizaram um projeto de extensão denominado “Sem Medo de Sarar”.

O medo interfere no processo de cura. Não procurar ajuda médica ou medidas de prevenção de doenças, como as vacinas, faz aumentar as chances de piora clínica. Isso faz encarecer e demorar ainda mais o tratamento de enfermidades. E é nesse sentido que o “Sem Medo de Sarar” trabalhou. O projeto foi implementado na escola Julieta Deps Tallon no bairro Zumbi, atualmente sob a direção de Sangela Cristina M. Leal Alves. No “Sem Medo de Sarar” os alunos assistiram e fizeram parte da peça teatral “Super Vacina e Super Coragem”, elaborada e apresentada pelos acadêmicos da faculdade.

O autocuidado em saúde, como entender e responder à dor, como funcionam as vacinas e o porquê devemos vacinar foram pontos abordados nessa peça teatral. Ao voltar para a sala de aula, os alunos fizeram atividades a fim de reforçar as informações apresentadas na peça de teatro.

Continua depois da publicidade

A Covid-19 foi também um dos temas abordados. Hoje, menos de 35% das crianças de 5 a 11 anos no município de Cachoeiro foram totalmente vacinadas contra a Covid-19. A desinformação e as fake news são as grandes responsáveis por esse número tão baixo. Por isso, o “Sem Medo de Sarar” também abordou esse tema.

Os pais dos alunos da escola Julieta Deps Tallon participaram de uma palestra informativa, finalizada com um tira-dúvidas sobre a pandemia, a Covid-19 e as vacinas pelo Dr Daniel Junger, co-orientador do projeto – médico infectologista, professor da Multivix e diretor clínico do HIFA Aquidaban. Além do Dr. Daniel, o projeto foi orientado pela Dra. Fabiana Davel, psicóloga mestre em Psicologia Institucional, especialista em Psicologia Social, e também professora nos cursos de Psicologia e Medicina da faculdade Multivix Cachoeiro. O “Sem Medo de Sarar” também contou com o suporte fundamental e direcionamento do Prof. DsC Raphael Rodrigues, coordenador pedagógico do curso de medicina Multivix Cachoeiro.

Com a parceria do postinho de saúde do bairro Zumbi e da gestora Enfermeira Lyvia Guiotto Battero, o projeto encerrou com ações de vacinação das crianças da escola contra a Covid-19.
Apesar de todo esforço e apoio de empresas que acreditam na importância da vacinação e conscientização, infelizmente, pouco mais de 10% das crianças da escola foram vacinadas contra a Covid-19. Isso demonstra a triste realidade da desinformação e a pouca importância que têm se dado às vacinas.

Quem sabe investindo nas informações dadas às crianças, como nesse projeto, teremos um cenário futuro diferente? Quem sabe é por meio delas que aconteça a sensibilização dos familiares para essa questão tão importante?