Oftalmologista dá dicas para aproveitar a estação sem prejudicar a visão

COMPARTILHE
471

O verão é uma época do ano que divide opiniões. Uns adoram por causa do clima quente, férias, descanso e muita curtição. Outros não gostam porque estão trabalhando e o calor muito forte se torna incomodo. Mas, gostando ou não, todo mundo precisar ter certos cuidados com a saúde para evitar grandes problemas, e uma das áreas mais negligenciadas pelas pessoas são os olhos.
Os olhos são muito frágeis e são constantemente afetados pelos raios solares, cloro da piscina, mar, protetor solar e até suor, podendo sofrer doenças como conjuntivite, infecções, alergias e acabar estragando toda a diversão. Por isso é tão importante estar atento a alguns detalhes para cuidar da saúde enquanto aproveita o calor.

Sempre que estiver no sol, proteja seus olhos, e nunca esqueça de usar boné ou chapéu para auxiliar na proteção. Se você puder escolher, prefira a exposição durante o período da manhã, ou no finalzinho da tarde, que é quando os raios solares estão mais brandos e não fazem tanto mal à saúde. “Usar um bom óculos escuros é fundamental para todas as pessoas. As pessoas que usam lentes de contato precisam ter cuidados especiais como não dormir com elas, fazer o descarte adequado, conforme recomendação do médico e mantê-la muito bem limpa”, recomenda o oftalmologista Lindolfo Gandra.

DR. Lindolfo Gandra

Ele explica, ainda, que é comum que algumas irritações aconteçam no pós-praia, pós-piscina ou após o uso de maquiagem. Nesses casos deve-se sempre evitar a automedicação. “Nunca um colírio que serve para você vai servir para outra pessoa”, alerta Gandra.

Continua depois da publicidade

O ideal é, em caso de dúvidas, somente usar colírios lubrificantes (que não são antibióticos e que não tenham cortisona) e soro fisiológico ou água boricada gelada, pois eles limpam e aliviam os sintomas. Assim evita-se a automedicação e iatrogenia (dano causado pelo tratamento errado).

Publicidade