Grupo Pedra do Pombal é o primeiro a disponibilizar estação de carregamento de carros elétricos no ES

COMPARTILHE
1866

O segmento automotivo está caminhando a passos largos para o modelo de “eletrificação” e a viabilização de veículos elétricos tem se tornado uma realidade plausível em diversos países do mundo. Essa nova tecnologia também deve ser uma tendência no Brasil.

Os investimentos são cada vez maiores e os resultados já começam a ser visíveis nos países que optam pela adequação ao modelo. A Agência Internacional de Energia estima que, em 2030, os carros elétricos vão representar 15% da frota mundial de veículos.

Pensando a frente do seu tempo, o empresário Marco Antônio Lacerda Carmo, popular “Marquinho”, do Grupo Pedra do Pombal, trouxe para Cachoeiro de Itapemirim a primeira estação de carregamento de carros elétricos do Espírito Santo.

O principal objetivo é sair à frente e disponibilizar a estação para a comunidade cachoeirense.

Continua depois da publicidade

“A nova geração vai conhecer o Posto Senna, como o que saiu à frente da concorrência. O carro elétrico já é uma realidade. A fundamentação é para deslumbrar o futuro com esta novidade na cidade”, explica Marco Antônio.

Além de postos de combustíveis, o Grupo Pedra do Pombal é pioneiro na região, também, em lojas de conveniências, restaurantes, lanchonetes, além de excelência em troca de óleo e outros serviços básicos para veículos. É referência em rede de hotelaria no município de Castelo.

“A gente inovou a questão de lojas de conveniências no Sul do Estado. O dono de posto de gasolina era apenas dono do posto, não tinha essa imagem de loja de conveniência. Nós temos o compromisso com a qualidade e procedência dos combustíveis e demais produtos e serviços oferecidos em nossos estabelecimentos”, destaca o empresário.

Grupo Pedra do Pombal

A história do Grupo Pedra do Pombal teve início em Rive, distrito de Alegre, em 2006, quando Marquinho e sua família compraram o Posto Pedra do Pombal, na Rodovia ES 482, vendo uma oportunidade de negócios no ramo de combustível.

“Após a compra, eu, minha esposa e filhos moramos por um período na borracharia do posto, pois não encontramos uma residência em Alegre. Quando achávamos uma casa boa, não cabia no orçamento, quando encontrava uma que cabia, não era uma casa muito boa, aí resolvemos construir e moramos lá por oito anos. Nos dedicamos muito durante o período de crescimento”, relembra Marquinho.

Criatividade nunca faltou para que o empresário fizesse o seu negócio alavancar. Entre uma das metodologias utilizadas para chamar atenção de seus clientes, Marquinho colocou o seu carro, da sua esposa, e de sua “cumadre”, além de um caminhão seu e outro de seu amigo, na frente do posto, com as luzes acesas, para que as pessoas que passassem pela rodovia vissem movimento e parasse no estabelecimento. E assim ter o resultado esperado.

Outro momento que foi essencial para o sucesso do Grupo Pedra do Pombal, foi a parceria iniciada com a Shell, em reunião acontecida em Belo Horizonte – MG, fazendo com que o posto passasse a ter uma bandeira, trazendo credibilidade ao seu negócio.

“Se você tem um posto bandeira branca, normalmente o cliente fica em cima do muro e não sabe a origem do produto que está comprando. Com uma marca como a Shell, Ipiranga e a Petrobras, essa imagem muda. A credibilidade do cliente é com um posto bandeirado”, afirma.

Castelo foi outro município que o Grupo Pedra do Pombal fez um trabalho diferenciado, se tornando referência para a comunidade. Em sua instalação, em 2008, a cidade tinha apenas quatro postos de gasolina em funcionamento e um fechado. A inovação veio com o Posto Castelão. Situado na Rodovia Fued Nemer, KM 3, o posto apresentou uma nova estrutura e atendimento para os castelenses.

“A gente foi muito bem recebido pela comunidade de Castelo. Quando chegamos na cidade, pegamos o posto Castelão e inovamos. Fizemos uma boa estrutura de posto e, em seguida, tivemos a oportunidade de comprar mais dois postos, que fizemos uma reforma e demos uma nova cara para os estabelecimentos”, conta Marquinho.

Atualmente, o Grupo Pedra do Pombal conta com 12 postos espalhados nas cidades de Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Jerônimo Monteiro, Alegre e São José do Calçado.

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.