É para comemorar! Hospital Infantil do Aquidaban salvou 100 vidas em 30 dias de funcionamento

COMPARTILHE
2400

A Unidade Provisória de Tratamento da Covid-19 do Hospital Infantil “Francisco de Assis” (HIFA), no bairro Aquidaban, em Cachoeiro de Itapemirim, completou 30 dias de funcionamento nesta sexta-feira (31) e comemora a marca de 100 vidas salvas.

Seguindo todas as precauções e medidas de segurança, a instituição realizou nesta data um ato simbolizando a importância da vida, com o plantio de uma muda de Ipê Amarelo, em frente a unidade. A árvore vai representar todas as vidas salvas e acompanhar o crescimento do hospital no pós-pandemia. No evento, o público presente também recebeu sementes, representando a esperança e o renascimento.

Durante os 30 dias de funcionamento foram registradas 136 internações, 100 altas e 13 óbitos, atendendo moradores de 31 diferentes cidades do Sul do Estado. Destes, 43 são de Cachoeiro de Itapemirim. Mais de 200 colaboradores trabalharam noite e dia com um único objetivo: salvar as inúmeras vidas que por ali passaram.

Estiveram presentes na ação o presidente do HIFA, Winston Roberto, o superintendente Jailton Pedroso e conselheiros da instituição, representando a sociedade. Na oportunidade, foram divulgados os resultados alcançados desde o início das atividades da unidade, que conta com 20 leitos de UTI e 40 de enfermaria, voltados para pacientes com diagnóstico de Covid-19.

Continua depois da publicidade

De acordo com o presidente Winston Roberto, a unidade foi criada para atender toda a população, com foco na doença, para que os pacientes não atinjam um nível maior de enfermidade causada pelo vírus.

“É uma satisfação enorme alcançar um resultado de 100 recuperações em apenas 30 dias de funcionamento. Nosso objetivo é justamente tratar o máximo nas enfermarias para que o paciente não chegue em um quadro de complicação mais avançado sendo necessária a internação em UTI, onde é realizado um tratamento muito mais sacrificante e penoso. Então estamos filtrando tudo para evitar isso, dando foco no início do tratamento”, destaca Winston.

A taxa de ocupação dos leitos também foi ressaltada pelo presidente do HIFA. “A Covid é uma doença nova em todo o mundo, e foi montada aqui na unidade uma estrutura específica para isso, apesar de todos os casos da cidade e municípios vizinhos, graças a Deus, a demanda está em torno de 60%”, relata.

O superintendente Jailton Pedroso destacou que os resultados demonstram que o grupo HIFA está se solidificando no Sul do Estado como instituição importante para população.

“Nós ampliamos este serviço para justamente dar, aqui na região Sul, uma garantia do atendimento de enfermaria e de internação intensiva aos pacientes acometidos pela Covid-19. Tem sido uma batalha árdua, mas a gente acredita que isso vai passar, e mesmo passando, estaremos preparados para contribuir e para atender o que o Governo do Estado nos solicitar”, afirma o superintendente.

 

Plantio e distribuição de mudas de Ipê

A árvore representa uma manifestação especial das forças e da vida. Os presentes, receberam sementes para que possam ser plantadas em suas casas. A ação terá continuidade ao longo do final de semana para que mais pessoas sejam impactadas com essa mensagem de esperança e renascimento.

O presidente da Ong Caminhadas e Trilhas, João Luiz Madureira Junior, lembrou a parceria com o HIFA e também a participação da entidade em Cachoeiro, onde já realizou o plantio de mais de 250 árvores. Ele pediu para que as pessoas se cuidem, para que tenham uma vida longa.

“A gente fica emocionado de saber que um trabalho bonito da saúde está relacionado à árvore, ainda mais o Ipê Amarelo, que é uma árvore de longevidade e é considerada a árvore símbolo do Brasil. É muito importante você associar isso com vidas, vidas cuidadas e preservadas, e que representa a longevidade da vida”, completou.

O conselheiro do HIFA, Jercilio Cipriano, conta que os membros da entidade estão honrados com o resultado de 100 vidas salvas e disse que a ação de plantio é muito significativa, pois vai eternizar, de forma positiva, uma meta em tempos tão difíceis.

“Árvore é vida! Acho que ela significa muito e vai eternizar esta ação. A contribuição que o Hospital Infantil está dando para os resultados de Cachoeiro é de suma importância. Para nós, é muito satisfatório saber que 100 vidas foram salvas dentro da nossa unidade”, comemora.

Outro membro do conselho do HIFA, José Clara da Silva, pontua que a instalação da Unidade Provisória de Tratamento da Covid-19 foi um grande ganho para Cachoeiro e região Sul do Estado.

“O Governo do Estado nos ajudou a abrir essa parte do hospital para recuperar os infectados da Covid-19, e graças a Deus deu certo! Veio a somar e ajudou muita gente. Acredito que a população está satisfeita com o atendimento e já salvamos muitas vidas”, finaliza José Clara.

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.