Cachoeiro Stone Fair: referência e fortalecimento do mercado brasileiro de rochas ornamentais

COMPARTILHE
Foto: divulgação
293

O Espírito Santo é o maior estado produtor e principal exportador de chapas e blocos do Brasil e tem no município de Cachoeiro de Itapemirim o maior parque de beneficiamento e o maior polo produtor de bens de capital, respondendo por mais de 75% da produção e por 85% das exportações.

É nesse cenário que será realizada de 28 a 31 de agosto mais uma edição da Cachoeiro Stone Fair. O evento conta com 29 anos de história e confirma, ano a ano, sua tradição e importância para o setor de rochas brasileiro ao reunir empresas para apresentar as principais tendências para o mercado.

Reafirmando a importância da feira para a região, o presidente do Sindirochas, Tales Machado destaca que o evento é fundamental para a cadeia produtiva do setor de rochas ornamentais e da indústria da construção. “A Cachoeiro Stone Fair é consolidada e bem-sucedida, sendo reconhecida o seu impacto positivo na economia capixaba, com o fomento de novos negócios”.

Continua depois da publicidade

Participando da área expositiva há mais de duas décadas, Gonçalo Pena Machado, diretor comercial da Magban, pontua que o evento foi um marco para o setor de rochas ornamentais. “Ele foi um agregador além de ter sido fundamental para a integração social de toda a cadeia produtiva de rochas, setores públicos e privados. Para a Magban, a Cachoeiro Stone Fair tem o melhor e maior retorno imediato de negócios. É uma mistura de integração com os parceiros atuais, novos clientes e novas oportunidades”.

A Cimef, atuante no segmento de máquinas e equipamentos, também é uma tradicional expositora e essa edição terá um sentido diferente para a empresa, que escolheu o evento para lançar, em parceria com os correios, o selo comemorativo de seus 50 anos de mercado. “A Cachoeiro Stone Fair é um instrumento para as empresas do setor. A cada ano ela cresce e traz melhores resultados para os empresários do ramo e também para o sul do Estado. É o local ideal para apresentar as novidades e proporcionar visibilidade para os participantes”, ressalta a diretora Valquiria Lopes Berli.

Presente desde a primeira edição da feira internacional do mármore e granito, a Cobral relembra que o evento ajudou muito na prospecção de negócios. “No início, antes da abertura da filial em Cachoeiro de Itapemirim, a feira também nos aproximava dos nossos clientes, visto que nossa sede é em São Paulo e o período da feira tornava esse contato mais pessoal”, conta o diretor e gerente geral Cláudio Antônio Gonçalves.

A Cachoeiro Stone Fair 2018 reunirá cerca de 180 expositores e espera receber 16 mil visitantes, vindos de todos os estados brasileiros e de mais de 600 cidades, que vem ao evento em busca de novidades e novas tecnologias para o setor.

A feira é uma realização da Milanez & Milaneze, empresa do Grupo VeronaFiere, com promoção do Sindirochas e Cetemag.

Publicidade