Alerta! Tirar CNH fora do município onde reside pode causar problemas

COMPARTILHE
• É preciso estar atento a algumas facilidades e procurar empresas de confiança e credibilidade para tirar a CNH.
3049

Tirar a carteira de motorista é o sonho de todo o recém-adulto, daquele rapaz ou moça que acabou de completar 18 anos. Seja por sonho, necessidade ou até como uma nova opção de documento oficial, se você pretende ter a CNH em mãos nos próximos meses, mas ainda tem dúvidas de como fazer isso, é preciso estar atento a alguns procedimentos para que tudo ocorra bem e você consiga conquistar seu sonho.

De acordo com o proprietário da Auto Escola Muruci, de Guaçuí, Gabriel Couzi, para tirar a primeira habilitação é necessário seguir alguns critérios. “Para tirar a CNH, a legislação exige que a pessoa seja penalmente imputável, saiba ler e escrever, possua documento de identidade e Cadastro de Pessoa Física, o popular CPF. Atendendo esses requisitos, o passo seguinte e procurar uma auto escola de sua confiança”, explica.

Gabriel Couzi, proprietário da Auto Escola Muruci

Ainda segundo Gabriel, o tempo para estar com o documento em mãos varia, mas há um limite máximo. “O tempo é relativo, depende da evolução de cada candidato nas aulas e das datas que o Detran disponibiliza para as provas. O prazo máximo para conclusão do processo é um ano”, acrescenta Couzi.

Continua depois da publicidade

O futuro motorista também deve estar atento e tomar cuidado com as facilidades que alguns anúncios oferecem, principalmente pela internet e redes sociais e que podem trazer complicações no futuro. “O Código de Trânsito Brasileiro, no artigo 140, e a resolução do CONTRAN número 168 de 14 de dezembro de 2004, diz que o candidato deverá solicitar a abertura de processo bem como a realização dos exames no local de sua residência ou domicílio”, pontua.

Luiz Carlos Oliveira, proprietário da Auto Escola Guaçuí

Também do ramo, Luiz Carlos Oliveira é proprietário da Auto Escola Guaçuí, e assim como Gabriel faz o alerta com base nas diretrizes do Detran. “O candidato que abrir o processo para obter a CNH fora do seu município pode ter seu processo cancelado, gerando prejuízo financeiro e perda de tempo. E ainda, quem falsificar endereço pode responder criminalmente”, salienta.

É preciso estar atento a algumas facilidades e procurar empresas de confiança e credibilidade. “As pessoas devem desconfiar de preços absurdamente baratos na internet, de empresas que prometem facilidades e procurar informações em um Centro de Formação de Condutores no seu município”, finaliza Luiz Carlos.

O próprio Detran emitiu um ofício, de número 83966803, que mostra sobre a necessidade de tirar a CNH dentro do município de residência. Quem ainda tiver dúvidas pode realizar consultas no site do Detran (www.detran.es.gov.br) e com o número do seu processo realizar consultas na legislação e procedimentos.

Publicidade