1ª Feira de Negócios e 1º Mostra de Café é sucesso em Divino de São Lourenço

EDIÇÃO. O evento teve a participação de cerca de 900 pessoas

COMPARTILHE
A programação contou com bênção do Padre Sebastião, palestras técnicas, rodada de negócios, mostra de café, sorteio de brindes, entre outros
315

Divino de São Lourenço foi sede, no último sábado, da 1ª Feira de Negócios e 1º Mostra de Café. O evento contou com o apoio da Prefeitura, Secretaria de Agricultura, Incaper, Idaf, Sicoob e da Caparaó Jr, empresa júnior do Ifes de Alegre.

A primeira edição, aberta ao público, se estendeu desde a Prafazenda Produtos Agrícolas, na rua Maria Gomes de Aguiar, até a sede da Prefeitura, e teve a participação de cerca de 900 pessoas durante todo o dia. Ao todo, 300 se inscreveram em palestras.

Um dos organizadores do evento, o proprietário da Prafazenda Produtos Agrícolas, Edimar Gonçalves Carvalho, comemorou o sucesso da Feira de Negócios e disse que a repercussão foi extremamente positiva para os participantes. “As vendas superaram as expectativas. Tivemos uma parceria muito forte com os fornecedores, oferecendo preços e promoções muito boas, deixando os agricultores bastante satisfeitos e fechando negócios”, destaca Edimar.

Continua depois da publicidade

O empresário relata que, tamanho o sucesso da feira, o evento pode vir a fazer parte do calendário do município devido a movimentação da economia gerada neste dia. Ele conta que os comerciantes de Divino de São Lourenço fizeram vendas para seis municípios vizinhos da região do Caparaó: Dores do Rio Preto, Alegre, Jerônimo Monteiro, Guaçuí, Ibitirama e a cidade de Varre-Sai, no Estado do Rio de Janeiro.

“Há muito tempo um evento não movimentava a economia da cidade em apenas um dia. A Prefeitura ficou muito satisfeita, os comerciantes que concordaram em participar gostaram muito dos resultados, então acredito que para o ano que vem as parcerias vão continuar e novas irão surgir. Isso é muito importante para o local”, afirma Carvalho.

Além da Feira de Negócios e Mostra de Café, a programação contou com palestras técnicas, rodada de negócios e visita aos estandes e sorteio de brindes. Também tiveram ações para as crianças e para as mulheres com dicas de maquiagem, entre outros.

Mostra de Café

O vencedor do Concurso de Qualidade de Café, realizado durante a 1ª Feira de Negócios e 1º Mostra de Café, foi Paulo César Barbosa. Em segundo lugar, ficou Antônio Figueira Mendes de Souza e, em terceiro, Sebastião Aufran Proveti Gonçalves. O idealizador da Caparaó Jr., professor João Batista Pavesi, destacou a importância dos concursos de café na geração de conhecimento.

“O produtor nunca soube o que tinha nas mãos. Antes, ofereciam um valor ao cafeicultor e ele aceitava vender sem saber a qualidade daquilo que cultivava. Com os concursos de café, trouxeram à tona o valor de seus grãos e também elevaram a autoestima daqueles que trabalham nas lavouras”, afirmou João Batista.

Publicidade