Spadetto: o João Dória do interior

COMPARTILHE
335

O desafio de governar Conceição do Castelo não assustou Christiano Spadetto mais do que o incêndio que enfrentou na sua madeireira há alguns anos. Homem de muita fé e religioso, agarrou-se em Deus e no trabalho para superar o drama empresarial. Agora, com a mesma receita, rompeu seu primeiro ano na prefeitura revelando-se uma grata surpresa na vida pública capixaba.

Humildade, sempre de boné, e dispensando roupa social, Spadetto trata seu dia a dia na “coisa pública” com a experiência da vida privada. E tem dado certo. Empresário eficaz e homem público atento aos problemas da população, atende sem marcar hora, deixando de lado a burocracia que normalmente afasta um gestor do calor popular.

Ganhou as eleições contra o experiente ex-prefeito Saulo Belisário (PSD) usando um discurso inovador. E agora o esforço de tornar a prefeitura municipal uma máquina menos obsoleta e pesada, com serviços eficientes e rápidos, faz reviver na política capixaba o estilo do prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB).

Continua depois da publicidade

Guardando naturalmente as devidas proporções comparativas, esse João Dória do interior assemelha-se ao mais famoso sobretudo diante desse ideal de tratar a administração pública como empresarial. Não é fácil para uma cidade onde os poucos recursos dificultam governar, mas só a ideia de fazer diferente já vale a pena. E, como ele mesmo diz: basta saber usar bem o dinheiro.

O sonho de Spadetto é tornar Conceição do Castelo uma cidade moderna, sustentável e com qualidade de vida. E quando se tem no comando um prefeito que acredita nesse sonho e sonha junto com a população, dialogando de maneira simples e transparente, torna-se plenamente possível alcançar.

*******************************************************************

”Sonho que se sonha só / É só um sonho que se sonha só / Mas sonho que se sonha junto é realidade” – Prelúdio (Raul Seixas)

 

Publicidade