Servimos a Deus ao servir os outros

COMPARTILHE
42
Advertisement
Advertisement

O mundo define grandeza em termos de poder, posses, prestígio e posição. Se puder exigir que as outras pessoas o sirvam, você conseguiu chegar lá. Em nossa cultura egoísta, com sua mentalidade do “eu primeiro”, agir como servo não é uma noção apreciada.

Continua depois da publicidade

Jesus, entretanto, mediu a grandeza em termos de serviço, e não de posição social. Deus avalia nossa grandeza pela quantidade de pessoas que servimos, não pela quantidade de pessoas que nos servem. Isso é tão oposto à ideia de grandeza do mundo que é difícil compreender, quanto mais praticar. Os discípulos debateram sobre quem merecia a posição de maior destaque, e, dois mil anos depois, líderes cristãos ainda fazem manobras em busca de posição e proeminência nas igrejas, denominações e organizações eclesiásticas.

Milhares de livros têm sido escritos sobre a atividade do líder, mas poucos sobre a atividade do servo. Todos querem liderar, mas ninguém quer ser servo. Preferimos ser generais a ser soldados rasos. Até mesmo os cristãos querem ser “líderesservos”, e não apenas simples servos. Mas ser como Jesus é ser servo. Foi assim que ele chamou a si mesmo. Embora conhecer a forma seja importante para servir a Deus, ter o coração de servo é ainda mais importante. Lembre-se: Deus o formou para servir, e não para ser egoísta. Sem o coração de servo, você será tentado a empregar mal sua forma, usando-a para vantagens pessoais. Você será também tentado a usá-la como desculpa, para se eximir de satisfazer algumas necessidades.

É comum que Deus teste nosso coração, pedindo-nos que sirvamos em modalidades para as quais não somos habilitados. Se você vir um homem caindo em uma vala, Deus espera que você o ajude, e não que diga: “Não tenho o dom de misericórdia ou assistência”. Embora não seja dotado para uma tarefa em particular, você pode ser chamado a realizá-la, se ninguém mais com o talento em questão estiver por perto.

Seu ministério principal deve ser exercido na esfera de sua forma de servi, mas seu ministério secundário é em qualquer lugar em que você seja necessário no momento. Sua forma de servir revela seu ministério, mas seu coração de servo revelará sua maturidade. Não é necessário nenhum talento especial para ficar após uma reunião e coletar o lixo ou empilhar cadeiras. Qualquer um pode ser servo. Caráter é a única coisa necessária. É possível servir na igreja durante toda uma vida sem jamais ter sido servo. Deve-se ter o coração de servo.

Como você pode saber se possui coração de servo?

Jesus disse: Vocês podem dizer o que eles são pelo que eles fazem. Os verdadeiros servos estão à disposição para servir. Eles não preenchem seu tempo com outras atividades que possam limitar sua disponibilidade. Querem estar prontos a servir imediatamente quando são chamados. Semelhante ao soldado, o servo deve estar sempre pronto para o dever: Nenhum soldado se deixa envolver pelos negócios da vida civil já que deseja agradar aquele que o alistou.

Como você tem agradado a Deus?

Se você só serve quando lhe é conveniente, então não é um servo de verdade. Verdadeiros servos fazem o que é necessário mesmo quando é inconveniente.

Você está disponível para Deus a qualquer momento?

Ele pode estragar seus planos sem que você fique ressentido? Como servo, você não pode ser seletivo sobre quando e onde irá servir. Ser servo significa desistir do direito de controlar sua agenda e permitir que Deus a interrompa sempre que precisar.

Jesus se especializou em tarefas servis, que todo o mundo tentava evitar: lavar pés, ajudar crianças, preparar o café da manhã e servir leprosos. Nada estava abaixo dele, porque ele veio para servir. Não foi apesar de sua grandeza que ele fez essas coisas, mas por causa dela, e ele espera que sigamos seu exemplo.

Pequenas tarefas muitas vezes demonstram um grande coração. Seu coração de servo se revela em pequenos atos que outros nem pensam em fazer, como quando Paulo reuniu gravetos para acender um fogo a fim de que todos se aquecessem após um naufrágio. Ele estava tão exausto como qualquer outro, mas fez aquilo de que todos precisavam. Nenhuma tarefa está abaixo de você quando você tem coração de servo.

Que Deus possa nos ajudar a perceber o que realmente ele quer de cada um de nós.

Frei Geraldo Aguiar FMD.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: (28) 3521-7726, [email protected].