Preservar a Cultura da Paz

COMPARTILHE
74

Atualmente vivemos dias cinzentos sem muito brilho e nem esperança de como chegar no amanhã. O hoje já temos certeza pois aqui estamos vivendo e levando, mas o amanhã ninguém nos garante que vai chegar.

Por isso é mais que necessário nesse momento perante a sociedade, levar mais que amor e muita paz, já que o que nos move não são as perguntas, são nossas próprias atitudes. O mundo está um caos, as mídias digitais tomando posse do mundo, das ruas, dos amigos, da nossa casa e de nós mesmos. É com uma força gigantesca, que cada dia que passa vai se tornando maior e maior, fazer uma ligação para alguém que amamos em tempos de WhatsApp é uma prova de amor, pena que está escassa. Pois grande parte do aproveitamento dessa tecnologia (que nos é muito útil) é usada pra divulgar catástrofes, ódios, violências e mais violências. Poucos são os inteligentes que propagam coisas boas entre nós.

Falar de paz, é contribuir para o mundo melhor, não só o de amanhã se vier, mas o de hoje que aqui estamos presenciando tanto acontecimento, que na maioria das vezes queremos compreender mas não podemos, não podemos pois é inexplicável a grandeza desse universo, que conspira sim ao nosso favor mas não basta só acreditar, é preciso agir, e rápido. A humanidade tem pressa, pressa para ser feliz.

Continua depois da publicidade

A vida é uma obra de arte preciosa, escrita por mim, por você ou por todos nós que de alguma forma participamos dessa história, mas só um pode ser o autor, aquele que vai decidir entre o bem ou o mal, entre ir ou ficar, em fazer a diferença ou continuar no mesmo lugar. Quem vai decidir o final é você ou o destino. E a vida é passageira, é um sopro rápido e silencioso que nem sempre o mundo nos conhecerá, mas que seja intenso e inesquecível na história daqueles que você pode participar. A vida é essa obra de arte que se torna mais valiosa quando se sabe amar.

Cultivar a paz em meio a tanto ódio de uma sociedade vazia é a maior prova que nossa história é de luta. Olhem ao nosso redor, reparem nossas crianças e nossos jovens perdendo o símbolo mais valioso de uma vida, o brilho no olhar. Nosso olho brilha quando acreditamos que coisas melhores virão, quando só sabemos guardar tristeza nós perdemos a coragem, a força e a esperança. E quando a esperança se vai, perdemos tudo, até mesmo o sentido de nossa existência. Afinal viver pra quê, se não temos mais a expectativa.

Existe uma música de Nando Cordel que eu a ouvi há uns 3 anos atrás e que fala exatamente o que é ser bom e necessário no mundo, de onde surge nossa esperança? Para onde vai nossos sonhos? De tantos perguntas que criamos em nosso interior e de tantas respostas que o mundo nos devolve, uma coisa eu sei:

_somos aquilo que pouco colhemos, pois muito pouco semeamos entre nós.

 

PAZ PELA PAZ

A paz do mundo
Começa em mim
Se eu tenho amor
Com certeza sou feliz
Se eu faço o bem ao meu irmão
Tenho a grandeza dentro do meu coração
Chegou a hora da gente construir a paz
Ninguém suporta mais o desamor
Paz pela paz – pelas crianças
Paz pela paz – pelas florestas
Paz pela paz – pela coragem de mudar
Paz pela paz – pela justiça
Paz pela paz – a liberdade
Paz pela paz – pela beleza de te amar

(Nando Cordel)

 

Para enxergar a grandeza da vida de alguém, eu preciso compreender as minhas tantas, somos todos movidos a sonhos, aventura e arte. Nosso respirar colabora ao universo, nosso sonhar nos motiva a ir à diante, e é nossa paz que nos torna gente. Que possamos ser para o outro tudo aquilo que queremos que sejam para nós. Em tempos de ódio semear a paz é ser humano.

 

Publicidade