O novo Katatas e a revitalização da Beira Rio

COMPARTILHE
1325

Afastando a polêmica do assunto, nesta coluna resolvi tratar dos pontos benéficos que Cachoeiro de Itapemirim e a Avenida Beira Rio ganharam com este novo empreendimento. Entendam que não estou aqui me posicionando do lado A ou lado B, estou aqui para apresentar alguns fatos que são visíveis a olho nu. E que, de certa forma, trouxeram benefícios locais.
Importante frisar que nos anos de 1980 e 1990, a avenida não era sinônimo de exercício físico, mas sim de lazer e entretenimento para nossos conterrâneos. A Beira Rio costumava ser “point” de encontro, uma avenida que oferecia vários restaurantes para se desfrutar. E hoje, não há mais essa opção de ir a uma avenida movimentada, com vida noturna, onde você pode encontrar os amigos e ter opções diferenciadas.

 

Em meio ao caos da hora do rush em nossa cidade, a obra do Katatas Beira Rio, proporcionou não só o rejuvenescimento do que antes passava até despercebido aos olhos, mas também a revitalização que além de ser social, é também de entretenimento local.

ÁRVORE SÍMBOLO

A Acácia Havaiana foi eleita democraticamente patrimônio natural do município, aquela árvore, que é o ponto de término das caminhadas e ganhou nova iluminação e decoração, se tornou a atração mais charmosa da avenida. A Acácia está VIVA novamente. Na última segunda-feira de feriado, pude presenciar uma menina lendo um livro, um casal namorando. No mínimo inspirador.

SEGURANÇA

Continua depois da publicidade

Uma reclamação constante dos moradores locais era a falta de segurança. Ali era abandonado e com pouca iluminação. Além de o local ter ganhado vida, a própria segurança do restaurante deixa os moradores e praticantes de atividade física mais seguros.

BENEFÍCIOS SOCIAIS

Além da acessibilidade para deficientes físicos, que nunca existiu, a pequena academia construída no local é utilizada e elogiada. Inclusive, todos estes pontos são confirmados por quem vive nos arredores. Marlene Braido, moradora da região há mais de 30 anos, conta: “nos sentimos mais seguros em frequentar o local, é bom ver a Beira Rio tendo vida novamente. Sou moradora aqui e tinha muito medo na hora de passar por esta região, onde vários vizinhos meus eram roubados.”

O RIO ITAPEMIRIM

Em tantos outros lugares do mundo e do Brasil, vemos as pessoas amarem o rio, conviverem com ele de maneira harmoniosa e turística, algo que temos todos que aprender. E essa é uma das propostas do local, segundo o proprietário Eduardo “nossa intenção é também trazer uma experiência de convivência junto ao rio, afinal, ele é nosso cartão postal.”

O RESTAURANTE

A ocupação na primeira semana de inauguração foi de 98%. A taxa de retorno dos clientes (que foram mais de uma vez ou retornaram com novos acompanhantes) foi de 91%. São três ambientes disponíveis: a varanda, local que aproxima as pessoas do rio Itapemirim e tem a ventilação natural do local; o ambiente interno, com ar condicionado; e o segundo andar, que pode ser reservado para confrarias (só para esta semana já tem três agendadas), aniversários e eventos empresariais. Inclusive, vários grupos de empresários estão utilizando o restaurante como referência para o público internacional, que são os clientes do ramo do mármore e do granito.

SÁBADO À TARDE

Boa parte de quem ler este texto vai entender que alegria é isso! Um local aberto em Cachoeiro no sábado à tarde. O bar irá funcionar das 11 da manhã às 11 da noite. Não há quase nada de entretenimento no sábado à tarde, e o restaurante quer propor mais, “pretendemos por músicas como: roda de samba, feijoada, dentre outros eventos”, afirma o proprietário.

OS MAIS PEDIDOS

Com a proposta de happy hour, o chope com os petiscos de bolinho de bacalhau e pasteizinhos são os preferidos da casa. Mas não podemos nos esquecer das mokekitas, claro. Para todos os gostos, oferecem sabores e temperos de todos os tipos. Para a mulherada, o ceviche de salmão e o clericot têm sido os mais pedidos.
Gostaria de pontuar mais uma vez que, sob o meu olhar profissional e de cidadã, vejo o desenvolvimento para a nossa cidade – mais empregos, mais opções, obras que valorizam o município e, por fim, um local que estava ao acaso e hoje só tem a acrescentar para a população. No final de tudo, estamos sempre tão órfãos de lazer e de novos lugares na cidade, que nos agarramos sempre aos que aparecem, ainda mais por se tratar de uma obra bem feita, com proposta não só de comida ou bebida, mas de experiência.

 

 

Horário de funcionamento

Segunda a sexta, das 17h às 23h; sábado, das 11h às 15h e das 18h às 23h; e domingo no jantar.

Publicidade