O EXERCÍCIO AERÓBICO ATRAPALHA NO GANHO DE MASSA MUSCULAR?

COMPARTILHE
203

Muitas pessoas sabem e estão cansadas de ouvir que para emagrecer é preciso fazer exercícios aeróbicos. Sim! Mas, a musculação promove um gasto calórico muito grande que também auxilia no emagrecimento se o treino for prescrito de maneira voltada para isso. Porém, hoje, quero falar até que ponto deve ser utilizado ambos os treinos para que um não atrapalhe o outro, pois são exercícios “concorrentes”.

Na maioria das vezes quando um aluno busca o ganho de massa muscular, acaba deixando de lado o treino aeróbico, pois acreditam que o treino aeróbico pode prejudicar a hipertrofia. Mas, na verdade, se o treino aeróbico for realizado de maneira equilibrada, ele irá completar o treino de musculação, trazendo benefícios como melhora no condicionamento físico, auxiliando na oxigenação das células e melhorando o desempenho cardiovascular.

Para não prejudicar a hipertrofia, os treinos aeróbicos devem ser feitos sem exagero, respeitando o tempo de intervalo. Sendo assim, o treino aeróbico juntamente com o treino de hipertrofia, aliado a uma dieta que supre as necessidades do organismo, fará com que o indivíduo possa ganhar massa muscular e ao mesmo tempo ganhar resistência. Lembrando que se o seu objetivo for hipertrofia, é importante que na prescrição do seu treino predominem mais exercícios voltados para hipertrofia.

Continua depois da publicidade

É necessário que seja feito uma avaliação do aluno, levando em consideração a rotina, a alimentação e assim montar uma planilha de treinos voltada para as necessidades do aluno.

Alguns alunos preferem treinar pela manhã, outros preferem treinar à noite, isso não irá atrapalhar seus ganhos, pois, quando se trata de individualidade, cada aluno terá seu melhor desempenho no horário que sentir mais prazer em realizar os exercícios físicos.

Dê preferência para o seu objetivo, sem esquecer das atividades fundamentais para a saúde, que são aquelas essenciais para uma vida saudável (Musculação + Aeróbico = Saúde).

Existem vários protocolos de treino, o que é bom para uma pessoa não significa que será bom para a outra, por isso, reforço, é importante entender a individualidade do aluno.

Algumas dicas:

  • Sempre procure um profissional para montar o seu treino, para que seja adequado a carga, a intensidade e o ritmo correto dos exercícios.
  • Faça um aquecimento antes de iniciar a musculação.
  • Não deixe de respeitar o tempo de intervalo entre as séries.
  • A alimentação é um fator muito importante, sendo determinante para a hipertrofia. Procure orientação de um nutricionista para que sua alimentação seja voltada para ajudar na construção dos músculos e evitar a destruição das células.

AUTOR: EDER DEBORTOLLI  É PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA  E PÓS-GRADUADO EM PERSONAL TRAINER E EDUCAÇÃO FÍSICA

Publicidade