O desafio de ser você mesmo

COMPARTILHE
101

Parece estranho parar e pensar: “Quem eu sou?”. Em outro texto já falei por aqui que certa vez me perguntaram se eu sabia quem eu era e, surpreendemente, eu respondi: “acho que não sei…”. É difícil classificar quem somos, mas eu descobri que mais difícil que isso, muito mais, é ser quem a gente é.

Parece complexo? Certa vez o poeta e escritor norte-americano Ralph Waldo Emerson (1803-1882) disse uma frase muito sábia que serve para nossa vida toda: “Ser você mesmo em um mundo que está constantemente tentando fazer de você outra coisa é a maior realização”. E você já parou para pensar nisso? E não digo só de agora. Volte a sua adolescência… Quantas vezes você não vestiu uma roupa que não gostava, foi a uma festa que tinha certeza que ia detestar só para seguir o fluxo… Só para ser aceito? Muita gente já fez isso, principalmente porque remar contra maré, sair dos paradigmas e ter uma personalidade forte e independente é um desafio, que pouca gente topa aceitar.

E porquê questionar e não aceitar o que o senso comum fala é tão difícil? Porque o troco muitas vezes pode ser a não aceitação ou você ser tachado como o “estranho” da turma. Quando escrevi o texto aqui sobre como é importante a gente se fazer feliz, um leitor me falou que aquilo era muito bom, só que o ruim era quando alguém que ele gosta não gosta do jeito que ele é. A minha resposta foi que, claro, vão surgir muitas pessoas assim no meio do caminho, mas talvez essas não sejam as pessoas que devam permanecer na sua vida. As que ficam mesmo são aquelas que admiram a gente da maneira que a gente é, mesmo quando decidimos seguir a estrada diferente da que a maioria segue.

Continua depois da publicidade

Muitas vezes a gente é o estranho mesmo, o que gosta de músicas diferentes, o que “não curte a vida” do jeito que a maioria curte… E isso pode trazer a solidão? Não, isso vai levar você a ter poucos amigos, mas amigos de qualidade. Que ficam porque querem ter você de verdade por perto e não uma máscara que você vestiu só para agradá-lo.

E você? Já tentou ir contra a maré alguma vez na vida? Tentou mostrar que o que você quer pode não ser o que a maioria quer e, tudo bem! Ser você é o maior desafio que você terá na sua vida em tudo. No trabalho, nos relacionamentos amorosos… Quantas e quantas pessoas são casadas com companheiros que se moldam só para agradar o outro? Uma hora a máscara cai e é nessa hora que as relações podem se romper ( já vi muitos casos assim!)… A verdade é soberana, mesmo que ela doa, mesmo que ela seja impactante. Acredite, sua própria personalidade é algo de mais fascinante que você pode mostrar para o outro. A sensação de saber que seus amigos, seu companheiro, sua família ou o pessoal do seu trabalho conhecem você pelo que você é, pode ser a mais maravilhosa desse mundo. Que tal experimentar?

Publicidade