Na surdina, vereadores de Bom Jesus do Norte aumentam salários

COMPARTILHE
622
Advertisement
Advertisement

Em meio a pandemia do coronavírus (Covid-19), com o isolamento social, e após a pior enchente da história do município, na surdina os vereadores de Bom Jesus do Norte reajustaram, na última quinta-feira (2), os salários dos parlamentares para a legislatura 2021/2024.

Continua depois da publicidade

Em sessão ordinária onde não havia a presença do público, os vereadores José Manoel (PDT), Romeu da Auto Escola (PSB), Pedrinho Enfermeiro (PTN), Fernando Broa (PSDB), Camilo da Auto Escola (PTN), Charles Diniz (PSDC) e Xandão Mudanças (PSD) decidiram colocar em votação o Projeto de Lei Nº 002/2020, que aumentou os subsídios dos parlamentares do atuais R$ 3,9 mil para R$ 5.960,00.

A proposta foi aprovada por seis votos favoráveis e dois contrários. O presidente da Casa não vota, apenas em casos de empate.

A aprovação repercutiu mal nas redes sociais e choveram críticas ao vereadores. O impacto aos cofres públicos será de aproximadamente R$ 864 mil na próxima legislatura, sem contar 13º salário e férias.

Por telefone, o presidente da Câmara, Xandão Mudanças, disse brevemente que o reajuste se justifica pelo fato de vereadores de cidades vizinhas como Apiacá e São José do Calçado receberem subsídios maiores que os deles.

Por WhatsApp, Xandão enviou uma nota de esclarecimento onde ressalta que “o projeto de lei aprovado não possui qualquer vício de nulidade e, ainda, encontra-se respaldado dentro dos limites estabelecidos na Lei de Responsabilidade Fiscal e percentual de gastos com pessoal”, justificou em trecho da nota.

Votaram a favor do reajuste

José Manoel (PDT)

Romeu da Auto Escola (PSB)

Pedrinho Enfermeiro (PTN)

Fernando Broa (PSDB)

Camilo da Auto Escola (PTN)

Charles Diniz (PSDC)

Contrários ao reajuste

Aquiles Zanon (PSDB)

Joãozinho da JB Móveis (PSDC)

Não votou

Xandão Mudanças (PSD)

Confira a nota de esclarecimento

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.