Marketing x Publicidade e Propaganda

COMPARTILHE
181

Vivemos um período da democratização da comunicação. Com o advento das mídias sociais, todos tiveram acesso a um canal de poder e alcance incrível, que pode ser acessado nos quatro cantos do mundo. Toda essa revolução impactou na maneira de se comunicar das empresas com muita gente fazendo o dever de casa certinho, mas tem muito empresário se boicotando. Na coluna dessa semana levarei a você, pequeno, médio ou grande empresário, alguns esclarecimento e estratégias da nova comunicação.
Primeiro vamos começar a entender a necessidade de um profissional capacitado para elaborar seu Planejamento de Marketing. Essa denominação americana que surgiu na década de 1950, com a necessidade de posicionar as marcar e alavancar as vendas, é fundamental e vital para uma empresa nos dias atuais. É o Marketing o responsável pela elaboração de estratégias de vendas, sejam elas promocionais ou institucionais. Ele ainda estuda o comportamento do consumidor para o lançamento de novos produtos e serviços e trata de todo o visual e apresentação de uma loja, seja ela física ou virtual.
A publicidade e propaganda é responsável pela elaboração dos materiais para a divulgação destas ações, ou seja, ela torna visível todo o planejamento que o Marketing elabora. Depois, através dos veículos de comunicação, a mensagem chega até o cliente, seja por meios tradicionais como TV e rádio, ou contemporâneos como as mídias sociais.

Utilizar apenas as mídias sociais como canal de divulgação da sua marca pode ser muito arriscado, o Facebook e o Instagram estão delimitando a cada dia que passa o alcance das publicações, por isso não dá mais para efetuar uma gestão caseira da sua plataforma.

Profissionais capacitados saberão propagar seus produtos e serviços para o nicho de mercado adequado para a sua proposta, Mas não caia no conto do vigário. tem muita gente se intitulando “social mídia” sem ter os pré-requisitos básicos. Solicite ao profissional relatórios de postagens e um checklist de cursos e graduações nessa área. Um post inadequado pode trazer mais prejuízo do que a ausência dele.
Esse assunto daria para escrever um livro, ou vários, mas meu intuito aqui é orientá-los a respeito da necessidade das empresas criarem cada vez mais desejo pelas suas marcas. Em uma era onde a oferta é gigante e a demanda recessiva, o único diferencial que um produto pode ter é o intangível. Como já dizia o velho ditado, “quem não é visto, não é lembrado”.

Continua depois da publicidade