Confiras os bastidores da política desta sexta-feira (17)

COMPARTILHE
Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil
141
Advertisement
Advertisement

Povo na rua

Crédito: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Continua depois da publicidade

Setor por setor, semana por semana, em horários controlados. A abertura gradativa e planejada é o trunfo do Governo federal para o País voltar à normalidade em maio, mesmo diante do acalorado debate popular sobre o ‘fica em casa’ ou ‘sai pra rua’, e as medidas de prevenção baseadas na ciência. Conforme a Coluna antecipou na quarta-feira, maio é o mês que será o teste para o presidente Jair Bolsonaro colocar o país de volta no rumo, mesmo devagar. Mas o compromisso é mútuo – a população será cobrada a fazer sua parte, com foco no distanciamento pessoal, uso de máscaras e práticas de higiene, além de evitar festas e aglomerações.

Em Brasília

Pioneiro no decreto do confinamento, Ibaneis Rocha, governador do DF, se antecipou ontem e avisou que vai reabrir o comércio dia 3 de maio. Mas as aulas, só voltam junho.

Brazilian way..

A política do presidente Donald Trump junto a ilegais nos Estados Unidos tem sido rígida. De janeiro de 2019 até ontem, 971 brasileiros foram repatriados.

..of life

Já o Brasil avança, como pode, na concessão de refúgio a estrangeiros. Foram 120 este ano – 51 deles venezuelanos. Número baixo pela quantidade que entra legalmente.

 

Novos brazucas

Os cidadãos que mais conseguem refúgio no Brasil, além da Venezuela, são egressos de Síria, Cuba, Togo, Guiné, Palestina, Paquistão, Quênia, Mauritânia e Iraque.

Perderam

Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

Nem os militares, que torciam pelo almirante Antonio Barra (Anvisa), nem parte da bancada da saúde, que fazia lobby por Osmar Terra. O presidente Bolsonaro trouxe Nelson Teich para o ministério da Saúde, apadrinhado por empresários judeus paulistas.

À prova

O médico Teich é a saída para um chefe que não quer político palanqueiro na vaga. Teich pode ser uma guinada, ou um desafio imenso, por não ter contato com a frente parlamentar da Saúde. Os próximos meses mostrarão se terá ginga no cargo.

Sofra, brasileiro

De quem conhece os meandros do ministério de vários Governos: só a transição, com troca de informações essenciais entre equipes de Mandetta e Teich, vai durar um mês.

Nos trilhos

Avança em Brasília o projeto da construção da linha do VLT ligando o Aeroporto JK ao fim da Asa Norte – com estações a cada 500 metros nas vias W3. A BF Capital, comandanda por Renato Sucupira, tem contato semanal com a equipe do Governo do DF para a conclusão do planejamento.

Custo-benefício

“A ideia é a reurbanização das vias W3 Norte e Sul, um projeto que vai ajudar na mobilidade urbana da capital, revitalizar a avenida, fortalecer o comércio”, conta Sucupira, ressaltando ser um veículo movido a energia limpa. A previsão é de funcionamento até meados de 2022. É o famoso value for money com retorno social.

Coronamulta

Caso estranho na turística Pirenópolis (GO) – que tem até conselho fiscalizador nomeado pela prefeitura, no combate ao coronavírus. Uma senhorinha, moradora, recebeu poucos familiares em casa, foi flagrada e multada em 10 salários mínimos. O “fiscal” deu prazo de 5 dias para ela recorrer – quatro dias ‘caíram’ no último feriadão. Ela perdeu o prazo e chora o prejuízo do dinheiro que nem tem.

Bibo..

A exemplo dos petistas que incluem Lula no sobrenome, homenagem ao ex-presidente, o deputado Bibo Nunes (PSL-RS) adotou o Bibolsonaro. E criou página no Facebook.

Quatro rodas

Com os aviões no chão e a maioria dos aeroportos fechados, a Movida está procurando vagas em várias 9 cidades ( 6 delas, capitais ) para estacionar mais de 7,3 mil carros.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.