Casagrande: “Alimentar o enfrentamento, como tem feito Bolsonaro, dificulta o trabalho durante esta pandemia”

COMPARTILHE
1040
Advertisement
Advertisement

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), em publicação no Twitter, na manhã desta quinta-feira (14), disse que a postura do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) tem atrapalhado o combate a pandemia do coronavírus.

Continua depois da publicidade

Bolsonaro fez um novo e forte apelo a governadores e prefeitos nesta quinta-feira para que reavaliem as medidas de restrição adotadas nos Estados por causa da pandemia. O presidente criticou os governos locais, mas também disse estar pronto para conversar.

O presidente condenou o “lockdown” e disse que “o Brasil está se tornando um País de pobres”; falou, ainda, que, com as medidas de isolamento social, o País vai chegar ao caos. “Vai chegar um ponto que o caos vai se fazer presente aqui. Essa história de lockdown, vão fechar tudo, não é esse o caminho. Esse é o caminho do fracasso, quebrar o Brasil”, declarou Bolsonaro, que ainda sugeriu aos governadores e prefeitos que adotaram a “onda” de fechamento que “se desculpem e façam a coisa certa”.

Casagrande defende o diálogo para garantir empregos e preservar vidas. “O diálogo sincero é o único caminho para, prioritariamente, preservarmos vidas e também empregos. Alimentar o enfrentamento, como tem feito o presidente Bolsonaro, dificulta ainda mais o trabalho durante esta pandemia”, disse o governador em publicação no Twitter.

O Governo do Espírito Santo tem, segundo especialistas, acertado nas ações de combate ao coronavírus. Desde o início da pandemia no País, Casagrande montou um comitê de crise e dia após dia vem fazendo o monitoramentos dos casos no Estado e adotado ações junto aos prefeitos.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.