Caparaó: Requinte, aconchego e simplicidade

COMPARTILHE
54

 

 

Continua depois da publicidade

 

A menina dos olhos do sul do estado, nunca esteve tão evidente. A cadeia de montanhas que divide o ES e MG é repleta de beleza, magia e diversidades naturais que encantam a primeira vista.

Para você que pretende desbravar os feriados nas montanhas, apresentarei um roteiro repleto de requinte, aconchego e simplicidade, que se revelam através de lindas pousadas, agradáveis restaurantes e belas cachoeiras.

 

 

 


Nosso tour começa em Pedra Menina, distrito de Dores do Rio Preto e divisa com Espera Feliz MG. A bela vila que fica na subida do parque estadual, se caracteriza por seus deliciosos cafés, aliás, o município de Dores é referência em exportação e qualidade do grão. Ali, você vai encontrar a Pousada Vila Januária, construída em um antigo casarão do sec. XIX é administrada por Cecilia Nakao. O local é cheio de histórias e um mirante que fica posicionado estrategicamente em frente ao por sol, uma das vistas mais lindas da região.

 

 


 


De Pedra Menina a Patrimônio da Penha é bem pertinho, 50 minutos no máximo, apreciando as belas paisagens. Patrimônio é uma comunidade cheia de misticismo, ali, pessoas de todo o mundo se encontram para recarregar suas energias, e tomar banhos de Cachoeiras. A comunidade abriga ainda o portal do céu, sede da religião que cultua o cuidado com a natureza, com os animais, a alimentação saudável e principalmente o amor ao próximo. Se você almeja um detox do corpo, da mente e da alma, vale a pena pernoitar em Patrimônio da Penha e conhecer Valéria, proprietária do Centro de Vivências Beija Flor.

Todo passeio que começa, uma hora termina e nada melhor do que finalizar o feriado nas aguas de Pedra Roxa, um vilarejo que pertence ao município de Ibitirama. Ali as transparentes aguas são a grande atração do local, em um riacho isento de areia e cheio de pedras de coloração verde é possível se banhar e recarregar as energias para enfrentar os desafios da semana que virá. A Pousada do Luiz, além de uma deliciosa comida mineira, conta com chalés e piscina de águas naturais.

 

 

#DICAS

 

Café Jacu

Na Pousada Vila Januária você poderá degustar o exótico e requintado café Jacu. O café que é derivado das “fezes” do pássaro Jacu virou febre entre os apreciadores e gastrônomos, uma xícara custa em média R$ 30,00 e o KG pode chegar a R$ 400,00.

Santo Daime

Em Patrimônio da Penha está a única Igreja do Santo Daime do Estado, e boa parte dos habitantes da Vila seguem a religião. Nascida na região amazônica nas primeiras décadas do século XX, a doutrina se utiliza de uma bebida alucinógena, ayuhuasca, que, segundo seus seguidores, tem o fim de catalisar processos interiores e espirituais, buscando a cura e o bem-estar do indivíduo.


Peixinho da Horta

Foi no Caparaó que saboreei o delicioso peixinho da horta ou lambari. Trata-se de uma planta, consumida geralmente frita, empanada ou a milanesa. Além de saudável e natural é bem utilizada na medicina popular para acalmar a tose e incômodos na garganta.

Publicidade