Aluguel, qual a melhor hora?

COMPARTILHE
47

 

 

Continua depois da publicidade

 

O patinho feio do mercado que vira cisne quando é necessária, a querida e a odiada. Tem gente que ama, tem gente que detesta. Tem gente que adora saber que não fica preso a lugar nenhum e pode se mudar sempre que precisar. Tem gente que acha um desperdício de dinheiro ir todo mês pagar.

Uma coisa essas questões antagonistas tem em comum: o aluguel. Existente desde sabe lá quando, não é a toa que tem uma lei específica pra ele, a lei do inquilinato – Lei 8.245/1991.

Nela, constam os deveres e direitos, tanto do locador quando locatário. E olha… são muitos. A lei é extensa, mas de fácil compreensão. Se você está passando por alguma divergência e tem dúvidas, pode procura-la no Google.

O fato é que a forma de alugar está mudando. Em 2013, quando me formava na FDCI (Faculdade de Direito de Cachoeiro de Itapemirim), minha monografia foi sobre a responsabilidade patrimonial do fiador. A conclusão do trabalho foi que esta figura estaria sofrendo uma mutação. Cada vez mais escassa será o fiador pessoa, substituído pelo fiador empresa, ou seguro-fiança, como é mais conhecido.

A quinto andar, startup que existe em São Paulo, já é uma empresa de sucesso que adotou esta figura. Nela, o inquilino pode alugar já com o valor do seguro fiança embutido.

Meus amigos leitores, devemos reconhecer que esta ideia é inovadora e está mudando o rumo do mercado em relação à locação. Mas aqui vai uma dica de amiga: muito cuidado com quem alugam seu imóvel.

É necessário um vasto conhecimento para que não o prejudique. Irei dar um exemplo a você que aconteceu aqui na imobiliária. Uma outra empresa alugou o imóvel do nosso cliente, a pedido dele. No contrato, na hora de por o condomínio, a outra imobiliária colocou no contrato o condomínio no valor fixo. Detalhe: o condomínio não era sempre fixo, mas sim variável. O que aconteceu? O dono do imóvel tinha que pagar a diferença quando o valor vinha a mais do que o previsto no contrato.

Esse é um dos exemplos que posso citar, mas a dica de amiga vai para quem aluga também. Embora tudo dito aqui seja de alta relevância, vamos direto ao tema. Qual a melhor hora para alugar?

A melhor hora para alugar sempre é a sua, claro. Mas aqui vão algumas dicas valiosas que irão te ajudar na hora de “bater o martelo”.

Fim de ano sempre são términos contratuais, para quem é dono de imóveis, é um ótimo momento para fazer uma boa campanha, visto que há sempre muitas mudanças de trabalho, de cidade, de vida. Tempo de renovação. Dezembro e Janeiro são os meses auges.

Para quem vai alugar, um bom período é antes desses meses. Outubro e Novembro são meses que é possível sempre conseguir um bom desconto, condomínio grátis, e até isenção de IPTU.

E é isso que a Netimóveis Cachoeiro está oferecendo nesse mês de outubro. A Netimóveis funciona como uma associação entre as 5 maiores imobiliárias de Cachoeiro: a Ervatti Netimóveis, a Multi Netimóveis, a Opção Netimóveis, a Renê Netimóveis e a Tófano Netimóveis. O objetivo é fazer vendas e alugueis compartilhados. Como?

O cliente comprador ou locatário elege um corretor de imóveis de sua confiança, e este está apto para mostrar, vender e alugar qualquer imóvel disponível na Rede, ou seja, com as 5 imobiliárias.

Neste mês de Outubro, está acontecendo o Outubro do Aluguel, dando descontos, condomínios e IPTU isentos. Há oportunidades para todos os públicos: comercial, apartamento, casa, tudo.

Acesse os sites das imobiliárias participantes ou vá direto ao portal netimoveis: www.netimoveis.com e veja todas as melhores opções de aluguel e vendas disponíveis em Cachoeiro e região.

Publicidade