A lenda do Filtro de Sonhos

COMPARTILHE
1757
Advertisement
Advertisement

Filtro de Sonhos, Apanhador de Sonhos (em inglês dreamcatcher), Teia de Sonhos ou Caçador de Sonhos. O nome pode variar, mas você sabe o seu real significado? Uma velha lenda, dos índios norte americanos, dizia que em um tempo onde havia só escuridão no mundo, o xamã Sioux subiu no alto de uma montanha. Na montanha, ele se comunicou com um espírito mágico em formato de aranha, chamado Iktomi. Diz à lenda que a aranha pegou um cipó e teceu uma teia em volta dele com fios do rabo de um cavalo. O espírito Iktomi teria ensinado ao xamã sobre o nascimento, a morte e as forças boas e ruins que influenciam os homens. Há várias versões sobre o real significado dos filtros de sonhos, mas a mais forte diz que foi originado na tribo dos índios Ojibwa. Esses índios viviam na região dos grandes lagos da América do Norte e hoje se espalharam pela região do Novo México.

Continua depois da publicidade

Os índios diziam que quando o dia virava noite, o ar ficava muito carregado por diferentes energias, que seriam os sonhos e pesadelos. Cada um dos sonhos teria mensagens e vibrações diferentes, e o Filtro serviria, justamente, para filtrá-los e deixar passar apenas os bons. A teia feita de fios prende as coisas ruins, deixando apenas que as boas vibrações cheguem a quem o possuir. Por isso os filtros dos sonhos devem ser colocados onde a luz bate de manhã, em uma janela ou varanda, para que os maus sonhos sejam destruídos e ele possa funcionar normalmente na noite seguinte.

A lenda diz ainda que o Filtro dos Sonhos ajuda a romper a teia da ilusão, a conseguir independência e coragem pra acabar com as armadilhas que criamos para nós mesmos e a construir novos sonhos, tecendo nossas próprias vidas. Como nas famosas simpatias das vovós é fundamental que você acredite na força que compõe um Apanhador de Sonhos, senão é melhor não ter um, não irá funcionar…

Filtro dos Sonhos é um amuleto indígena, que consiste em um aro construído com uma vara de salgueiro-chorão ou cipó, ao qual são atrelados e pendurados vários fios, formando uma espécie de teia de aranha, propositalmente irregular em sua forma, segurando algumas poucas penas e/ou outros pequenos objetos de significância pessoal especial. No filtro dos sonhos, o círculo representa o ciclo da vida, a teia os sonhos que construímos ao decorrer de nossas vidas e os adereços como penas ou pedras representam o ar ou a respiração.

Já no meu caso acredito também nos sonhos do tipo que se tem quando acordado. Estes sim podem mudar o mundo (a partir do mundo de cada um, claro). E este tipo de sonho pode sofrer más influências, como a inveja e o derrotismo, a acomodação e a autocrítica. Males que nem os mais poderosos Filtros de Sonhos podem resolver. Faça o seu sonho virar realidade com mudanças de hábitos diários, de posturas já entranhadas e estabelecidas, com determinação e força, do tipo que nem você sabia que podia ter, até tentar e conseguir.

 

Luciana é designer, blogueira, artista plástica, artesã, escritora, imortal da Academia Cachoeirense de Letras – ACL, mãe da Laura, mulher do Leonardo e uma eterna apanhadora de sonhos.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].