Cidades

Governo do Estado reativa contrato com a Santa Casa de Iúna

COMPARTILHE
932

O governador em exercício, Cesar Colnago (PSDB), visitou a Santa Casa de Misericórdia de Iúna, na manhã desta sexta-feira (12), para reativar o convênio do hospital com o Governo do Estado. Colnago percorreu os corredores da instituição, conversou com pacientes e com a equipe médica e administrativa.

Campanha quer combater falta de educação de donos de cães em Guaçuí

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), de Guaçuí, colocou cartazes em praças da...

Prefeitura de Iúna lista obras que pretende fazer com recursos dos royalties

O prefeito de Iúna, Weliton Virgílio, encaminhou um ofício de solicitação ao conselho dos...

Escadaria em bairro de Cachoeiro será revitalizada

A recuperação estrutural da escadaria Nicácio Raimundo Moreira, que liga a avenida Aristides Campos...

O subsecretário de Estado de Saúde, Fabiano Marily, e o deputado estadual Dary Pagung acompanharam o governador na visita. A comitiva foi recepcionada pelo prefeito de Iúna, Weliton Virgílio Pereira, pela secretária municipal de Saúde Vanessa Leocádio Adami e demais membros da prefeitura.

A secretária Vanessa salientou a importância da parceria do Estado com a Santa Casa. “É muito gratificante receber essa notícia de que vamos receber, novamente, o aditivo do Estado, pois o hospital tinha perdido. Corrigimos as irregularidades, arrumamos a parte sanitária do hospital, agora esperamos sempre contar com a parceria do Governo, do deputado Dary Pagung, para seguir com esse trabalho. Nosso hospital tem potencial para irmos muito mais longe”, salientou Vanessa.

Continua depois da publicidade

O prefeito Weliton Vírgilio lembrou que, desde de junho do ano passado, a prefeitura assumiu a administração da Santa Casa, atendendo uma recomendação do Ministério Público. “Agradeço por tudo que o Governo do Estado tem feito pela população iunense. Quando assumimos a Santa Casa, sabíamos que não estávamos sozinhos. Todos nós juntos somos um elo de ligação para proporcionar uma Saúde de qualidade para a população. O interesse público sempre prevalece em nossas decisões”, explicou Weliton.

Fabiano Marily, subsecretário de Saúde do Estado, ficou satisfeito com as mudanças ocorridas na Santa Casa. “Esse momento tem uma importância muito grande, pois reafirma o processo de regionalização do Governo do Estado. Estamos ampliando a participação do Estado na compra de procedimentos de exames que vão complementar o contrato de urgência e emergência. É muito bom chegar aqui e encontrar todo esse processo de mudança que o hospital está vivendo. Com esse nova gestão, estamos seguros que podemos investir e ampliar nossa parceria com o hospital de Iúna”

Colnago disse que a Santa Casa passa a ser referência na região. “O hospital tem que ser um centro de referência da saúde e não dá doença. Pudemos ver, que as obras aqui vão possibilitar a Santa Casa chegar em outro patamar. Em pouco tempo, a instituição estará ainda melhor, com novos equipamentos, leitos de UTI, o centro cirúrgico praticamente renovado, ou seja, um hospital que se torna referência para toda essa microrregião”, disse o governador em exercício.

Vindo da área médica, o governador César Colnago conversou com pacientes internados, como a jovem Priscila Darci de Araújo, que deu à luz na manhã de ontem (11) a filha Isadora. Mãe e filha receberam o abraço do governador, passam bem e terão alta nos próximos dias.

A instituição

A Santa Casa de Misericórdia, com a administração da prefeitura, segue com constantes melhorias em sua estrutura. O centro cirúrgico e a sala de parto foram reformados e 58 leitos de internação novos irão substituir os antigos. Além disso, a lavanderia está equipada com novo maquinário e a obra do local, onde vai funcionar a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), está sendo concluído.

Está em construção o Centro de Material Esterilizado (CME), uma obra de mais de R$ 150 mil, custeada com recursos dos royalties do Petróleo. Todos os equipamentos para o CME já foram adquiridos e serão levados para o local quando a obra for finalizada.

Fundada em 1955, a Santa Casa de Iúna atende demandas do município e também de Ibatiba, Irupi, Ibitirama, Muniz Freire, além de pacientes vítimas de acidentes na BR 262.

Publicidade