Esporte Nacional

Jogador inglês abandona o futebol aos 26 anos após fraturar crânio em campo

COMPARTILHE
55

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O meio-campo Ryan Mason anunciou nesta terça-feira que decidiu se aposentar do futebol, mesmo precocemente, aos 26 anos. O jogador do Hull City lutava para se recuperar de uma fratura no crânio, sofrida após um choque violento e involuntário em jogo do Campeonato Inglês contra o Chelsea.

Santos protesta e pede à CBF que árbitro Rodolpho Marques não apite seus jogos

O Santos emitiu comunicado nesta quinta-feira para informar que entregará ofício à Comissão de...

Éverton Ribeiro diz esperar por chance na seleção, mas exalta foco no Flamengo

Um dia depois de ser decisivo ao marcar o gol da vitória do Flamengo...

Após chuva, Halep vence 2 games e confirma virada na estreia em Cincinnati

A tenista romena Simona Halep só precisou jogar dois games nesta quinta-feira para confirmar...

O lance que acabou com a carreira de Mason aconteceu há pouco mais de um ano, em uma partida entre Hull City e Chelsea pela Premier League, em 22 de janeiro de 2017. No incidente, o meio-campo se chocou de cabeça com o zagueiro Gary Cahill e precisou ser encaminhado a um hospital de Londres, onde permaneceu internado por oito dias.

Inicialmente Mason passou por cirurgias e correu risco de morte. No último ano, o jogador passou a se tratar com uma série de especialistas, com a meta de retornar ao futebol. No entanto, acabou acatando a recomendação de se preservar.

Continua depois da publicidade

“Posso confirmar que após um conselho médico estou me aposentando do futebol profissional. Trabalhei incansavelmente para poder voltar aos campos. Infelizmente, levando em conta um conselho de um especialista médico, deixo o futebol em razão dos riscos envolvidos pela lesão”, afirmou Mason em um comunicado.

Revelado nas categorias de base do Tottenham, Ryan Mason defendeu seleções juvenis da Inglaterra e também atuou pelo país no time principal em uma oportunidade.

Publicidade