Espírito Santo

PF apura corrupção em contratos de empresa pública federal no ES

Os investigados devem responder pelos crimes de peculato, crimes licitatórios, corrupção, organização criminosa e lavagem de dinheiro

COMPARTILHE
Polícia Federal
Foto: Divulgação/PF
481
Advertisement
Advertisement

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta terça-feira (24), a 2ª fase da Operação Corsários, que apura crimes cometidos por organização criminosa que desviou recursos em contratos de empresa pública federal do Espírito Santo.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Supremo Tribunal Federal, em razão do envolvimento de autoridade com foro por prerrogativa de função, nos estados do Espírito Santo, São Paulo e no Distrito Federal.

Os investigados devem responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de peculato, crimes licitatórios, corrupção, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Advertisement
Continua depois da publicidade
Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.