Cidades

Novo Hospital do Câncer vai gerar 600 empregos diretos em Cachoeiro

A expectativa é de que a unidade de saúde, orçada em mais de R$ 100 milhões, fique pronta dentro de 48 meses.

COMPARTILHE
Foto: Léo Júnior/Vice-Governadoria
3844
Advertisement
Advertisement

Foi dado o pontapé inicial para a construção do Novo Hospital do Câncer de Cachoeiro de Itapemirim. O edital de licitação para a contratação da empresa que executará a obra foi lançado, nesta terça-feira (24).

Advertisement
Continua depois da publicidade

“Os nossos esforços, a nossa energia estará toda ela dirigida para tornar uma realidade esse sonho que é o Hospital do Câncer aqui em Cachoeiro, que vai ampliar ainda mais a capacidade do nosso Hospital Evangélico, dos nossos enfermeiros, médicos, colaboradores, que no dia a dia estão se dedicando e doando a sua vida as pessoas mais necessitadas. E é bom frisar, um hospital 100% SUS”, ressaltou o vice-governador Ricardo Ferraço (PSDB), no evento de assinatura do documento.

A iniciativa, fruto de uma parceria entre o Governo do Estado do Espírito Santo, a prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim e o Hospital Evangélico, além garantir mais 94 leitos para o tratamento de doenças oncológicas, também vai gerar cerca de 600 novas vagas de emprego direto na cidade.

“Todo empreendimento tem essas consequências. Ficamos felizes pelo lado social, pelo lado da saúde, mais felizes também porque movimenta toda a economia da nossa região. Um hospital desse porte, com 20 leitos de UTI, 120 leitos de enfermaria, vai gerar muito emprego, na construção desse empreendimento e depois. No funcionamento dele, vai atrair muita mão de obra qualificada para cá e isso gera a nossa economia aqui no Sul do Estado”, destacou o prefeito de Cachoeiro, Victor Coelho (PSB).

Continua depois da publicidade

A expectativa é de que o Novo Hospital do Câncer não demore muito a sair do papel, uma vez que os recursos necessários já estão à disposição.

“Vai depender muito do andar da carruagem, da obra que, ainda não foi contratada. Não somos nós do governo que contratamos essa obra. É o próprio Hospital Evangélico, que vai fazer um pregão eletrônico para contratar a obra. Então, com o apoio do Governo Federal, com o apoio da bancada federal, eu acho que é possível, sim, nós termos uma meta de 47, 48 meses para entregar essa obra, esse hospital à população de Cachoeiro e toda a região Sul”, projetou o vice-governador.

Investimento

O Novo Hospital do Câncer está orçado em mais de R$ 100 milhões. Conforme explica o vice-governador do Estado, parte dos recursos já foram adquiridos por meio de emendas de deputados federais, mas ainda espera contar com outras parcerias para tirar, de vez, o projeto do papel.

Advertisement
Continua depois da publicidade

“Ela está estimada hoje em, aproximadamente, 115 milhões. Então nós achamos que na parceria com o Governo Federal, na parceria com a bancada federal, que já viabilizou 25 milhões para que nós pudéssemos iniciar. A deputada Norma Ayub (Progressistas), o deputado Evair de Melo (Progressistas), garantindo que em 2024 podemos conseguir também mais recursos. Enfim, não pode faltar recursos para uma obra necessária como essa, que vai levar atendimento a quem precisa”, explicou Ricardo Ferraço.

A expectativa é de que a terraplanagem, estabilização, contenção e drenagem do terreno, doado pela Prefeitura de Cachoeiro para a construção do equipamento, comecem ainda nesse semestre.

Para a execução dessa primeira fase da obra, o valor do repasse é de R$ 7,8 milhões divididos em quatro parcelas, conforme a evolução dos trabalhos.

Advertisement
Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.