Cidades

Mais de 1,8 mil desalojados e 19 desabrigados em Bom Jesus do Norte

O rio transbordou, no final da noite de terça-feira (24) e provocou alagamentos em várias ruas da cidade durante a madrugada de quarta-feira (25)

COMPARTILHE
Conforme informações da Prefeitura de Bom Jesus do Norte, 1.800 pessoas estão desalojadas e há 19 desabrigados, por causa das cheias do Rio
Foto Defesa Civil Bom Jesus do Norte
1447
Advertisement
Advertisement

Conforme informações da Prefeitura de Bom Jesus do Norte, 1.800 pessoas estão desalojadas e há 19 desabrigados, por causa das cheias do Rio Itabapoana provocadas pelas fortes chuvas na região, na terça-feira. O rio transbordou, no final da noite de terça-feira (24) e provocou alagamentos em várias ruas da cidade durante a madrugada de quarta-feira (25).

Advertisement
Continua depois da publicidade

Com isso, 1.832 pessoas estão desalojadas, já tendo recebido orientações dos órgãos da Prefeitura. Essas são aquelas que saem de suas casas e vão para a casa de parentes ou amigos ou até para um espaço da própria residência, onde se acomodam, longe da água da enchente, como informa a Defesa Civil do município.

O Rio Itabapoana chegou a marcar 5,30 metros nesta quarta (Foto Reprodução).

Outros 19 que estão desabrigados e foram acolhidos em creches da cidade. Elas não possuem outro lugar para ir e, por isso, estão em um abrigo providenciado pelo município. Só poderão retornar para suas casas quando rio voltar a sua calha normal, abaixo de sua cota de transbordo que é de 3,10 metros. O Rio Itabapoana chegou a marcar 5,30 metros nesta quarta.

O prefeito Toninho Gualhano, em suas redes sociais, colocou que a Prefeitura está totalmente mobilizada e trabalhando para ajudar a população neste momento de dificuldade. “Embora a nossa equipe tenha feito um excelente trabalho de prevenção, com as cheias do Rio Itabapoana, infelizmente, a nossa cidade está alagada. A Prefeitura está trabalhando e totalmente mobilizada, com todo suporte do secretariado e dos funcionários, para vencermos mais esse desafio”, afirma.

Continua depois da publicidade

A Prefeitura disponibilizou caminhões para fazer mudanças de quem precisou sair de casa e a Defesa Civil segue monitorando o Rio Itabapoana e as chuvas na região, o que pode significar a amenização do problema ou não. Contudo, a chuva continua em muitas cidades, apesar de menor intensidade, com períodos de estiagem.

O coordenador da Defesa Civil de Bom Jesus do Norte, Cazé Vieira, afirma que o município está em atenção máxima, porque o rio continua muito além da sua cota de transbordo. “Estamos empenhados para que todos sejam notificados a tempo sobre qualquer ocorrência e continuamos analisando a situação, para que possamos passar informações seguras e mais conclusivas”, destaca.

Advertisement
Advertisement
Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.