Internacional

EUA e Alemanha acertam envio de tanques avançados à Ucrânia

COMPARTILHE
134
Advertisement
Advertisement
Advertisement

A Alemanha e os Estados Unidos anunciaram, nesta quarta-feira, que enviarão tanques de batalha avançados para a Ucrânia, oferecendo o que um especialista chamou de “força de ataque blindado” para ajudar Kiev a romper entraves à medida que a invasão russa entra em seu 12º mês.

Continua depois da publicidade

O anúncio marcou o primeiro estágio de um esforço coordenado do Ocidente para fornecer dezenas de armas pesadas, que os comandantes militares ucranianos disseram que permitiriam contraofensivas, reduziriam as baixas e ajudariam a restaurar o suprimento cada vez menor de munição.

O presidente americano, Joe Biden, afirmou que os EUA enviarão 31 tanques M1 Abrams, após Washington ter insistido por meses de que eles eram muito difíceis para as tropas ucranianas operarem e manterem.

A decisão dos EUA seguiu o acordo da Alemanha em enviar 14 tanques Leopard 2 A6 de seus próprios estoques. A Alemanha vinha se recusando a enviar os Leopards, a menos que os EUA colocassem seu Abrams na mesa, não querendo incorrer na ira da Rússia sem que os americanos fizessem um compromisso semelhante.

Continua depois da publicidade

O chanceler da Alemanha, Olaf Scholz, conversou por telefone nesta quarta-feira com Biden, o presidente francês Emmanuel Macron, o primeiro-ministro britânico Rishi Sunak e a primeira-ministra italiana Giorgia Meloni, informou a chancelaria alemã em comunicado. Todos os cinco líderes concordaram em continuar o apoio militar à Ucrânia em estreita coordenação euro-atlântica. Fonte: Associated Press.

Estadao Conteudo
Copyright © 2023 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Advertisement
Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.