Política Regional

Inclusão da pessoa com deficiência sempre deve ser apoiada e ampliada

COMPARTILHE
Somente nos últimos três meses, um conjunto de instituições que desenvolvem atividades e atendimento especializado à pessoa com deficiência foi
Da Pestalozzi de Jaguaré, Dantara Freires e Edineusa Santana reforçaram o pedido de apoio ao trabalho realizado pela instituição (Foto: Leonardo Tononi)
55
Advertisement
Advertisement

Somente nos últimos três meses, um conjunto de instituições que desenvolvem atividades e atendimento especializado à pessoa com deficiência foi contemplado com R$ 180 mil em recursos direcionados pelo deputado estadual Sergio Majeski (PSDB), por intermédio de emendas parlamentares no Orçamento Estadual de 2022.

Advertisement
Continua depois da publicidade

No projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2023, que está para análises e votação na Assembleia Legislativa (Ales), Majeski vai direcionar nesta quinta-feira (24) mais R$ 580 mil para custear atividades e investimentos em unidades da Apae e da Pestalozzi situadas em diversos municípios capixabas, nas associações Cariacica Down e Vitória Down, na Associação dos Amigos dos Autistas do Espírito Santo (Amaes), dentre outras instituições.

Com nova solicitação de recursos para a Pestalozzi de Jaguaré, a presidente Edineusa Santana, esteve com o deputado Majeski no gabinete na Ales.

“Fomos ver de perto o trabalho realizado pela instituição de Jaguaré e sempre que é possível direcionamos recursos. Buscamos equilibrar o repasse das emendas para contemplar o máximo possível de instituições. Elas desenvolvem um trabalho fantástico, que não é disponibilizado por mais ninguém. São instituições importantes de inclusão à pessoa com deficiência, que sempre precisam ser apoiadas e valorizadas”, destaca Majeski.

Continua depois da publicidade

Nos sete anos que apresentou emendas ao orçamento estadual, o deputado Majeski direcionou R$ 2,478 milhões em recursos para custeio e investimentos em 24 unidades da Apae, 17 unidades da Pestalozzi, na Amaes e na Vitória Down.

Por ano, foram R$ 318 mil (2016), R$ 395 mil (2017), R$ 340 mil (2018), R$ 390 mil (2019), R$ 300 mil (2020), R$ 290 mil (2021) e R$ 445 mil (2022).

Advertisement
Advertisement