Cidades

Escola de Cachoeiro fica em 2º lugar em premiação de gestão escolar

COMPARTILHE
O Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos de Cachoeiro de Itapemirim (CEEJA) ficou em 2º lugar na categoria ‘Boas Práticas da Gestão
1590
Advertisement
Advertisement

O Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos de Cachoeiro de Itapemirim (CEEJA) ficou em 2º lugar na categoria ‘Boas Práticas da Gestão Escolar’, na 15ª Edição do “Prêmio Sedu: Boas Práticas na Educação 2022. O anúncio foi feito por meio da Secretaria da Educação (Sedu), nessa terça-feira (22).

Advertisement
Continua depois da publicidade

Intitulado “Vencendo Fronteiras”, o projeto de autoria de Michelle Fonseca Nasr, gestora do CEEJA Cachoeiro, tem como objetivo principal ampliar a divulgação do modelo de instrução personalizada da unidade escolar, garantindo o acesso à educação a moradores de comunidades isoladas, internos em centros de reabilitação e reeducação, jovens e adultos da própria cidade e de municípios vizinhos e outros públicos que almejem a conclusão da educação básica. Trata-se de uma estratégia itinerante, por meio da qual a equipe responsável vai até o aluno, apresenta a proposta metodológica da escola e, assim, favorece o retorno do cidadão aos estudos.

Segundo Michelle, o projeto ainda é finalista em outra premiação. “O CEEJA está em festa! Este é um trabalho feito por vários braços. Há 41 anos nossa escola vem prestando serviços de educação personalizada, que nesta semana foram reconhecidos por um plano de gestão inovador no Estado”, comemorou.

O Prêmio

Instituído pelo Decreto nº 1.884-R, de 15 de julho de 2007, o “Prêmio Sedu: Boas Práticas na Educação” é uma ação anual da Secretaria da Educação (Sedu), e atualmente configura a maior premiação voltada exclusivamente à educação no Espírito Santo.

Continua depois da publicidade

Visando ao reconhecimento, à divulgação e à disseminação dos resultados de práticas educacionais inovadoras desenvolvidas no ambiente escolar que contribuam para a melhoria da qualidade do processo de aprendizagem, o prêmio visa dar visibilidade ao talento e à genialidade que há dentro das escolas, promovendo a cultura e trazendo benefícios a toda sociedade capixaba.

Advertisement