Variedades

Marlon Wayans: "Se uma piada vai me cancelar, obrigado por me fazer esse favor"

COMPARTILHE
Foto: Reprodução
121
Advertisement
Advertisement

Em recente entrevista à revista americana Variety, o ator Marlon Wayans, intérprete de Marcus Copeland, no sucesso As Branquelas, 2004, falou sobre a necessidade de ter mais longas como o que atuou, apesar do risco de serem afetados pela “cultura do cancelamento”. Para ele, a sociedade está forjando um lugar onde ninguém mais pode rir.

Advertisement
Continua depois da publicidade

“Eu não sei em que planeta estamos, onde você acha que as pessoas não precisam rir, e que as pessoas precisam ser censuradas e canceladas. Se uma piada vai me cancelar, obrigado por me fazer esse favor. É triste que a sociedade esteja neste lugar onde não podemos mais rir”, disse o ator.

A comédia que estreou Marlon Wayans e seu irmão, o também ator Shawn Wayans, no papel de Kevin Copeland, mostrava a dupla como agentes do FBI que se disfarçam de mulheres brancas para resolver um sequestro. O elenco ainda conta com o astro Terry Crews, no papel de Latrell Spencer.

Segundo o ator, ele não está “ouvindo essa maldita geração”, mas sim empenhando em dar sequência ao seu trabalho.

Continua depois da publicidade

“Eu não estou ouvindo essa maldita geração. Não estou ouvindo essas pessoas: essas pessoas assustadas, esses executivos assustados. Vocês fazem o que querem fazer? Excelente. Eu ainda vou contar minhas piadas do jeito que eu conto. E se você quiser ganhar algum dinheiro, suba a bordo.”

Por fim, disse que seu público entende o seu perfil de humor, que é “sempre contar a pior piada da melhor maneira” e que “todo fim de semana eles saem se sentindo ótimos e rindo”.

Redação E+
Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Advertisement
Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.