Economia

Vendas da Tesla se recuperam no 3º trimestre, mas ficam aquém das estimativas

COMPARTILHE
10
Advertisement
Advertisement
Advertisement

As vendas da Tesla aumentaram 35% no período de julho a setembro em comparação com o segundo trimestre, já que a enorme fábrica da empresa na China superou os problemas da cadeia de suprimentos e as restrições da pandemia.

Continua depois da publicidade

A empresa de veículos elétricos e painéis solares disse neste domingo (2) que vendeu 343.830 carros e SUVs no terceiro trimestre, em comparação com 254.695 entregas feitas de abril a junho. Mas os números de entrega ainda ficaram muito aquém das estimativas de Wall Street. Analistas consultados pelo provedor de dados FactSet esperavam vendas de 371.000 veículos.

A Tesla disse que está se tornando mais desafiador encontrar capacidade de transporte a um custo razoável quando precisa transportar veículos de suas fábricas para seus clientes. A empresa afirmou ainda que tinha um número maior do que o normal de veículos em trânsito no final do trimestre que contarão como vendas assim que forem entregues aos clientes.

Até agora neste ano, a empresa entregou 908.573 veículos, mas precisará de um forte final de ano para atingir suas previsões de crescimento anual de vendas de 50% para os próximos anos. No ano passado, a empresa de Austin, no Texas (EUA), entregou 936.172 veículos. Um aumento de 50% seria pouco mais de 1,4 milhão para este ano. As vendas do terceiro trimestre são uma boa indicação de como os lucros da empresa serão divulgados após o fechamento do mercado, em 19 de outubro. Fonte: Associated Press.

Continua depois da publicidade

Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.