Grande Vitória

Servidor público federal é preso no ES por estupro de vulnerável e importunação sexual

COMPARTILHE
Imagem ilustrativa
839
Advertisement
Advertisement

Um homem de 48 anos foi preso pela Polícia Civil (PC), acusado por crimes contra crianças e adolescentes. Contra ele há denúncias de estupro de vulnerável e importunação sexual.

Advertisement
Continua depois da publicidade

A prisão foi realizada por meio da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), que deflagrou, nos meses de agosto e setembro, a Operação Olho Vivo, nos municípios da Grande Vitória.

Servidor público federal, o acusado possui alto poder aquisitivo. Segundo a PC, o homem agia na área de lazer do prédio onde morava. Ele aproveitava os momentos em que crianças e adolescentes, também moradores, utilizavam a piscina e o campo de futebol, para praticar os atos.

Os pais dos menores, ao descobrir o que estava acontecendo, procuraram a delegacia e fizeram boletim de ocorrência. Entre janeiro e setembro, foram cerca de seis boletins contra o acusado. Todos os casos relatadas eram do mesmo jeito, sempre nas áreas de lazer do prédio (piscina, sauna e campo de futebol), aos fins de semana.

Como o criminoso agia

Continua depois da publicidade

Entre as denúncias reportadas, estão de que o servidor perseguia e tentava tocar as partes íntimas das vítimas, tanto meninos como meninas; convidava para ir a sauna; chamava as meninas com apelidos como “gostosas”; entre outros.

Em um dos casos relatados, o homem aproveitou o momento em que duas crianças, de 6 e 10 anos, tomavam banho de piscina e tentou tocá-las, o que configura como estupro de vulnerável, visto que, segundo decisão recente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), qualquer ato praticado contra um menor de 14 anos, seja tocar no seio, passar a mão no órgão sexual, etc., é considerado estupro de vulnerável.

 

Advertisement
Continua depois da publicidade

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://bit.ly/aqui26whats

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here