Segurança

Polícia resgata mulher e filho de cárcere privado no bairro Nova Brasília, em Cariacica

COMPARTILHE
251
Advertisement
Advertisement

A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Cariacica recebeu uma denúncia pelo Disque-Denúncia 181, informando que uma mulher de 25 anos e o filho dela, de seis anos, estavam em cárcere privado em uma residência no bairro Nova Brasília, em Cariacica. Na tarde desta quinta-feira (22), os policiais foram ao local e constataram o fato. Eles viviam em uma quitinete em condições insalubres, janelas e portas gradeadas, sem alimentos e foi constatado que a criança não frequenta a escola. Os dois foram encaminhados à Deam de Cariacica.

Advertisement
Continua depois da publicidade

“Durante as oitivas, ela informou que vive com seu companheiro e que frequentemente sofria ameaças de morte, que ele dizia que a mataria caso ela fosse embora de casa. Informa, também, que já sofreu agressões físicas. Ela não soube detalhar por quanto tempo estava em cárcere privado”, conta a titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Cariacica, delegada Millena Chaves.

Os policiais constaram que tanto ela quanto a criança, apresentavam sinais de desnutrição. Buscas foram realizadas, mas o suspeito não foi localizado. Um Inquérito Policial sobre o fato foi instaurado e a mulher e a criança foram encaminhados para casa de familiares.

O caso segue sob investigação e não há outras informações que possam ser divulgadas. A Polícia Civil destaca que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181, que também tem um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here