Política Regional

“O acolhimento forma o futuro cidadão”, diz Rose de Freitas sobre direitos de mamães e bebês

COMPARTILHE
https://youtu.be/iVaF3VcwqNs
102
Advertisement
Advertisement

O direito das mulheres é um tema recorrente na conversa com Rose de Freitas, que busca a reeleição ao Senado pelo MDB. A escolha de duas mulheres como suplentes – Solange Lube e Vera Costa – mostra que a candidata abraçou as bandeiras da causa feminina, do direito a salários iguais e do acolhimento das mães que têm seus bebês e precisam, alguns meses depois, voltar ao mercado de trabalho.

Advertisement
Continua depois da publicidade

“A mulher sofre muito em ter que, depois de quatro meses de licença muito, deixar a criança. Os homens não sabem o sentimento de culpa que a mulher tem. A licença maternidade poderia ser maior e compartilhada entre homens e mulheres? Poderia, como é feito em outros países. A mãe, o pai, têm que estar por perto. Esse acolhimento forma a criança, forma o futuro cidadão. E as mulheres ainda não encontram espaço para discutir tudo isso”, avalia.   

Rose participou da sabatina do Aquinoticias.com na última terça-feira (27). Municipalista, contou como buscou recursos para obras nos municípios capixabas e falou de projetos de lei e iniciativas em amparo ao público feminino.

“Temos muitos projetos de lei e muitas iniciativas. Uma delas é a imprescritibilidade do crime de feminicídio. Antes, bastava que o criminoso evadisse da cena do crime e, passado o prazo, ele estaria livre de um crime absolutamente violento.  Matar outra pessoa, por si só, já é um ato bárbaro. E matar uma mulher por achar que ela não pode fazer suas próprias escolhas, é pior ainda”.

Confira a sabatina, na íntegra:

Continua depois da publicidade

Advertisement