Grande Vitória

Homem é preso por roubar e vender combustível no Estado; produto pertencia a empresa em que ele trabalhava

COMPARTILHE
A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) deteve, na noite dessa segunda-feira (12), um homem de 55 anos, suspeito de furtar combustível dos
314
Advertisement
Advertisement

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) deteve, na noite dessa segunda-feira (12), um homem de 55 anos, suspeito de furtar combustível dos caminhões da empresa em que trabalhava. Ele foi detido no bairro Industrial, localizado no município de Viana.

Advertisement
Continua depois da publicidade

A prisão foi realizada após um policial civil receber informações de que, na data indicada, um motorista realizaria a compra de 100 litros de gasolina. Também foi informado que o combustível era desviado da empresa na qual o suspeito trabalhava, e que ele armazenava o produto em casa.

O policial civil seguiu até o endereço, e constatou que um veículo do mesmo modelo que havia sido informado estava estacionado no local, perto de um caminhão tanque. O combustível estava sendo transferido para cinco bombonas, de aproximadamente 20 litros, que estavam sendo depositadas no porta-malas do comprador.

Após constatar o crime, o policial solicitou apoio via Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes) – 190 para realizar a abordagem aos veículos. Equipes da Polícia Civil se deslocaram até o local indicado e realizaram a abordagem aos envolvidos.

Continua depois da publicidade

Os policiais solicitaram que o condutor do veículo, de 33 anos, abrisse o porta-malas de seu carro e informasse o material que estava sendo transportado. Ele informou que o material era gasolina, e que haviam 100 litros do combustível nas cinco bombonas que haviam sido visualizadas pelo policial. Ainda segundo o motorista, ele havia comprado a gasolina por R$ 3,00 o litro.

O motorista recebeu voz de prisão após o relato e foi conduzido à delegacia. Um dos representantes da empresa proprietária dos caminhões foi acionado para acompanhar os policiais civis na abordagem ao fornecedor do material furtado e, no local, o homem de 55 anos foi informado de que os policiais o estavam abordando por conta da denúncia recebida.

A equipe solicitou que ele mostrasse onde o resto do material estava armazenado, e o acusado levou os policiais até o local onde outros 40 litros de gasolina estavam armazenados em duas bombonas de 20 litros. No local, também haviam bombonas vazias. O suspeito também recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Delegacia Regional de Cariacica.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Ele foi autuado em flagrante pelo crime de furto e foi liberado para responder em liberdade, após o pagamento de fiança, no valor de R$ 1.000,00. Já o motorista foi ouvido e liberado, após a autoridade policial concluir que, naquele momento, não haviam evidências suficientes para lavrar um auto de prisão em flagrante.

A empresa proprietária dos caminhões de onde o combustível estava sendo retirado foi autorizada a retirar os 140 litros de gasolina que estavam no porta-malas do carro do comprador. Um caminhão de transportes da empresa foi até o local e teve o combustível restituído.

Advertisement