Segurança

Homem é preso e armas são apreendidas em operação conjunta das Polícias Civil e Militarem em Anchieta

COMPARTILHE
A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da 10ª Delegacia Regional de Anchieta e com o apoio da 10ª Cia Independente da Polícia
546
Advertisement
Advertisement

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da 10ª Delegacia Regional de Anchieta e com o apoio da 10ª Cia Independente da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), realizou, nessa segunda-feira (26), uma operação com o objetivo de cumprir um mandado de busca e apreensão expedido pela Vara de Justiça de Anchieta. A ação foi realizada no bairro Alvorada, no município, e resultou na prisão de um homem, de 24 anos, e na apreensão de duas armas de fogo, que se tratavam de uma pistola 9mm e uma submetralhadora de calibre 380.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Após ordem judicial determinada pela Justiça de Anchieta, os policiais da 10ª Delegacia Regional e da 10ª Cia Independente da PMES se deslocaram ao endereço informado para o cumprimento do mandado. O pai do acusado recebeu as equipes policiais e alegou que o filho já havia saído para trabalhar, permitindo que os policiais iniciassem as buscas.

Durante a revista no quarto do suspeito, o cão Mago indicou a presença de materiais dentro de uma mochila. Nela, foram encontrados uma submetralhadora de calibre .380, que estava com duas munições, e dois carregadores de arma de fogo. No mesmo cômodo, num guarda-roupa, foram encontradas cinco munições de calibre 9mm. Três aparelhos celulares também foram apreendidos.

O pai do alvo apresentou aos policiais uma pistola 9mm, três carregadores de arma de fogo e 50 munições do mesmo calibre, além das notas fiscais dos materiais e um registro de posse que foram levados à delegacia, constatando a veracidade dos documentos.

Continua depois da publicidade

“Nós fomos ao local onde o acusado estaria trabalhando e informamos ao homem do armamento apreendido, perguntando se ele tinha ciência da presença dos artefatos na residência dele. Ele disse que sim e foi conduzido para a delegacia”, contou a titular da Delegacia de Regional de Anchieta, delegada Maria da Glória Pessotti.

A pistola 9mm foi devolvida ao pai do acusado, após a apresentação do registro, porém os demais materiais permaneceram apreendidos. O acusado foi autuado em flagrante pelo crime de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, sendo posteriormente encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Advertisement
Advertisement