Política Regional

Bruno Lamas vai propor título de utilidade pública para Associação Comercial de Guaçuí

COMPARTILHE
109
Advertisement
Advertisement

Na última visita que fez ao município de Guaçuí, no Caparaó capixaba, o deputado estadual Bruno Lamas (PSB), que é candidato à reeleição, fez uma declaração que deixou animados os empresários e comerciantes locais: garantiu que vai propor na Assembleia Legislativa a concessão do título de utilidade pública à Associação Comercial, Agronegócio, Industrial e de Serviços de Guaçuí (Acisg).

Advertisement
Continua depois da publicidade

O título garante às entidades obter verbas públicas. É um certificado de que a associação realmente existe, funciona há ao menos dois anos, não tem fins lucrativos e presta um serviço de utilidade pública. É também a forma encontrada pelos deputados para destinar emendas parlamentares às entidades.

A Lei Estadual 10.455/2015 esclarece que podem ser declaradas de utilidade pública entidades com fins não econômicos que desenvolvam atividades de interesse coletivo, como nas áreas da cultura, educação, saúde, esportes e meio ambiente.

“Vou protocolar o pedido de utilidade pública em nome da associação para que ela promova seus eventos de forma independente. Para que possa receber recursos diretos do governo do Estado, por meio de convênios. Ela (Acisg) quer promover os eventos em Guaçuí e estimular o empresariado, tarefa que vem desempenhando com sucesso ao longo dos seus 35 anos”, declarou o deputado.

Continua depois da publicidade

Ele destacou que a Acisg está presente no desenvolvimento econômico do município promovendo ações que fortalecem o comércio local e dinamizam os mercados.

No encontro que teve com os empresários e comerciantes, que ocorreu na sede da Acisg, no último dia 2, Bruno declarou ainda que a entidade e seus membros podem contar com o apoio dele, promovendo articulação junto ao governo do Estado e também com emendas parlamentares na Assembleia Legislativa.

“Sou e continuarei sendo um parceiro leal, conduzindo de forma a ajudar a resolver os desafios da associação. Vamos estreitar ainda mais o diálogo entre a entidade e o governo do Estado, com os programas estaduais Qualificar-ES (de capacitação profissional avançada) e o Bolsa Técnica (que oferta bolsas integrais em cursos técnicos de nível médio, presenciais, em instituições privadas), dentre outros, para atender às demandas do comércio local. Os programas vão expandir as suas ações ouvindo as necessidades do comércio”, afirmou.

Advertisement
Advertisement