Segurança

Acusado de tentar matar vizinho com golpes de foice em Guaçuí vai a júri popular

COMPARTILHE
O agricultor Alcemar Moreira de Azevedo de 73 anos, acusado de tentar matar seu vizinho, com golpes de foice, em 2015, vai a júri popular
1900
Advertisement
Advertisement

O agricultor Alcemar Moreira de Azevedo de 73 anos, acusado de tentar matar seu vizinho, com golpes de foice, em 2015, vai a júri popular, nesta quinta-feira (22). O julgamento acontecerá na sala do Tribunal do Júri de Guaçuí e tem início marcado para às 09h30. A vítima, identificada como J.L.F. de 75 anos, sobreviveu, entretanto, ficou com algumas sequelas.

Advertisement
Continua depois da publicidade

O advogado e filho de J.L.F., Victor Nasser Fonseca, atuará no julgamento junto ao Ministério Público, como assistente de acusação. Segundo ele, Alcemar responderá por tentativa de homicídio duplamente qualificado, pois cometeu o crime por motivo fútil, utilizando-se de recurso que dificultou a defesa da vítima.

Ainda de acordo com Victor, o acusado está foragido desde 2017. “Ele está com um mandado de prisão em aberto. Chegou a ficar preso na época, por cerca de um ano e meio, mais ou menos, mas conseguiu sua liberdade para fazer um tratamento de saúde. Com isso, ele acabou fugindo e, desde então, segue desaparecido”.

O crime

O crime bárbaro aconteceu no dia 19 de julho de 2015, na zona rural de Guaçuí. O criminoso na época tinha 66 anos e, a vítima, 68.

Continua depois da publicidade

Ambos tinham propriedades rurais e eram vizinhos. Anos atrás, Alcemar fez um empréstimo bancário e colocou sua casa como garantia. Como ele não pagou a dívida, a terra foi a leilão e acabou comprada por J.L.F.

No dia em questão, a vítima foi para o sítio acompanhado de um amigo e, próximo à entrada da propriedade, precisou parar para retirar umas toras de madeira da estrada. Foi quando aconteceu a emboscada.

Alcemar utilizou uma foice para atacar a vítima. Os golpes foram concentrados na cabeça do agricultor, que para se defender, colocou a braço e o joelho na frente. Com isso, o primeiro acertou o braço esquerdo, que por pouco não foi decepado. O segundo golpe atingiu o joelho direito. Na terceira tentativa, o agressor acabou sendo derrubado e imobilizado.

Advertisement
Continua depois da publicidade

J.L.F. passou por duas cirurgias, Entretanto, ficou com sequelas no braço e anda com dificuldades.

Mesmo que Alcemar esteja foragido, o advogado e assistente de acusação espera que a justiça seja feita nesta quinta-feira e, que em breve, o criminoso seja encontrado e preso.

 

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://bit.ly/aqui26whats 

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here