Segurança

Acusado de assassinar ex-companheira em Cachoeiro é preso no estado de São Paulo

COMPARTILHE
Cristiane
4709
Advertisement
Advertisement

A Polícia Civil (PC) do Espírito Santo – por meio da DHPP da 7ª Delegacia Regional de Cachoeiro de Itapemirim – em parceria com a Polícia Civil de São Paulo, realizou na manhã desta terça-feira (20), o cumprimento do mandado de prisão temporária contra um homem de 43 anos, acusado de assassinar Cristiane Cardoso Ferreira, de 35 anos.

Advertisement
Continua depois da publicidade

O feminicídio aconteceu no dia 23 de abril de 2022, no bairro Valão, em Cachoeiro, na casa de Cristiane. A filha do casal, de apenas três anos, estava no imóvel no momento do crime.

A vítima foi encontrada somente no dia seguinte, por volta das 13h, por sua sogra, quando esta se dirigiu à residência e encontrou a criança que informou que a mãe não acordava.

Segundo a polícia, o homem residia no município de Santa Rita do Passa Quatro (SP), desde 2020. A prisão ocorreu no município de Itatiba, também no estado de São Paulo, onde o criminoso estava trabalhando para uma construtora.

Continua depois da publicidade

Segundo as investigações, tudo indica que Cristiane tenha sido morta, em razão de ter ingressado em juízo com uma ação alimentícia, contra o ex-companheiro.

Durante interrogatório, o homem ficou em silêncio, preferindo se manifestar somente em juízo. Ao término do procedimento, ele será encaminhado para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista (SP).

 

Advertisement
Continua depois da publicidade

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://bit.ly/aqui26whats

Advertisement