Esporte Nacional

Parreira se emociona ao dar nome a campo do CT do Fluminense: 'Eternamente grato'

COMPARTILHE
14
Advertisement
Advertisement
Advertisement

O técnico Carlos Alberto Parreira foi convidado para visitar o CT Carlos Castilho, do Fluminense, nesta terça-feira, no Rio. Não sabia, contudo, que o convite era para receber uma homenagem. Chegando ao local, o treinador aposentado de 79 anos acabou pego de surpresa quando foi informado que um dos campos do local agora vai carregar seu nome.

Continua depois da publicidade

Parreira não segurou as lágrimas e tampou o rosto, visivelmente emocionado com a notícia. “Emocionamos o homem! Ídolo, multicampeão e eterno na nossa história, Carlos Alberto Parreira agora dá nome ao campo III no CT Carlos Castilho!”, informou o Fluminense.

Foram muitos abraços recebidos por Parreira na visita. Ganhou um livro com fotos marcantes da história do clube e depois o treinador tirou a bandeira de clube para mostrar a placa com seu nome no campo e fazer o batismo oficial. Com as mãos unidas, se agachou fazendo reverência de agradecimento à homenagem e falou da agradável surpresa que recebeu.

“Fico eternamente grato ao Fluminense. Aqui eu vivi grande parte da minha carreira profissional e fui muito bem-sucedido. A base surgiu aqui, tudo de bom, as coisas profissionais, a base das vitórias, de pertencer a um clube que tem história, que tem tradição, é um orgulho que a gente carrega para o resto da vida”, discursou.

Continua depois da publicidade

Foi no clube que Parreira iniciou a carreira de técnico, em 1975. Foram três temporadas seguidas no Fluminense. Seriam outras duas passagens, em 1984 e entre 1999 e 2000. Parreira ainda caminhou no campo que agora leva seu nome. Fez questão de beijar o gramado e mostrar uma pequena lembrança que pegou para levar para casa.

Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Advertisement