Geral

Justiça decreta prisão preventiva de Thiago Brennand

COMPARTILHE
21
Advertisement
Advertisement
Advertisement

A juíza da 6ª Vara Criminal de São Paulo, Erika Soares de Azevedo Mascarenhas, decretou a prisão preventiva do empresário Thiago Antonio Brennand Tavares da Sila Fernandes Vieira. Até a última sexta-feira (23) ele deveria ter entregue o passaporte em Juízo e confirmado seu retorno ao Brasil. Ele viajou a Dubai no último dia 4 e seu paradeiro, até então, é desconhecido.

Continua depois da publicidade

De acordo com a decisão de Mascarenhas do último dia 9, caso o empresário descumprisse qualquer uma das determinações cautelas previstas – que envolvem, além do retorno ao Brasil, a aproximação com as vítimas e o ato de frequentar quaisquer academias em todo o território nacional – ele poderia ter a sua prisão preventiva decretada.

Brennand foi flagrado por câmeras de segurança agredindo a modelo Helena Gomes dentro de uma academia em um shopping de São Paulo. O caso foi revelado pelo Fantástico, da TV Globo e, desde então, várias outras vítimas sentiram-se encorajadas a denunciar o empresário.

Até o momento, dez mulheres já teriam o denunciado pelos crimes de estupro, ameaça, lesão corporal e cárcere privado. Elas começaram a ser ouvidas pelo Ministério Público de São Paulo nesta segunda (26). Além dos casos de violência de gênero, Brennand é acusado de agredir um garçom de um restaurante dentro do condomínio de Porto Feliz (cerca de 35km de Sorocaba, interior de São Paulo).

Continua depois da publicidade

COM A PALAVRA, THIAGO BRENNAND

A reportagem entrou em contato com o advogado Ricardo Sayeg que, por ora, está representando a defesa do empresário Thiago Brennand. Contudo, ele afirmou que por ora não comentará o caso.

Isabella Alonso Panho, especial para o Estadão
Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Advertisement
Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.