Esporte Nacional

Dudu volta ao Mineirão com o Palmeiras tentando repetir o brilho da Libertadores

COMPARTILHE
16
Advertisement
Advertisement
Advertisement

O Palmeiras vai jogar bastante desfalcado diante do Atlético-MG nesta quarta-feira, pelo Brasileirão – Abel Ferreira não terá cinco titulares. Mas um jogador tem bons motivos para entrar em campo motivado neste jogo. O atacante Dudu brilhou nas duas últimas visitas ao oponente, ambas pela Libertadores, e espera repetir a dose em partida que pode encaminhar o 11º título nacional.

Continua depois da publicidade

Dudu anotou o gol que garantiu a vaga à decisão da Libertadores de 2021 – o time conquistaria o título diante do Flamengo – e nesta temporada participou do lance de empate, por 2 a 2, ao cabecear para Danilo anotar já nos acréscimos, desta vez em duelo das quartas de final.

O gol de 2021 não sai da cabeça do camisa 7. “Foi um gol importante para a história do clube e para a minha história. Foi o momento da classificação para a final da Libertadores”, lembrou. “Amanhã (quarta-feira) será mais um jogo importante para a gente, porque estamos brigando pelo título do Campeonato Brasileiro. São 11 finais, amanhã temos mais uma, e a gente espera que possamos fazer um bom jogo”, afirmou, confiante, Dudu.

Acostumado a levantar o moral e liderar o grupo em campo, Dudu sabe de sua importância para este compromisso, no qual Weverton, Gustavo Gómez, Danilo, Zé Rafael e Gabriel Menino não estarão em campo. O time precisará se superar para não ver a diferença na tabela diminuir para o segundo colocado. Hoje o Palmeiras soma 57 pontos, diante de 49 do Internacional. O camisa 7 prevê uma enorme batalha.

Continua depois da publicidade

“O Atlético-MG é um adversário muito difícil, não está vivendo um bom momento no campeonato, mas teve essa pausa de dez dias para treinar, tem um grande treinador e grandes jogadores”, avaliou. “Temos o nosso foco na competição e precisamos fazer um bom jogo para continuarmos nesta caminhada.”

A pausa citada por Dudu da Data Fifa serviu para todos os times, mas em sua visão, seria melhor se o Palmeiras não tivesse deixado de jogar, apesar de comemorar os trabalhos desses dias.

“Foi importante esse período de treino. Eu, particularmente, preferia jogar quarta e domingo, mas tivemos esses dez dias e treinamos bem. Espero que amanhã possamos estar preparados e fazermos um grande jogo”, concluiu o único atleta do elenco verde a disputar todas as rodadas do Brasileirão. Caso conduza o time à vitória, ele será o maior ganhador da equipe na história da competição. Ele divide a liderança com Emerson Leão, com 112 triunfos cada.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.