Grande Vitória

Terapia assistida por cavalos auxilia o desenvolvimento físico e cognitivo de usuário da Apae com autismo severo

COMPARTILHE
cavalos
88
Advertisement
Advertisement

Muito além de uma paixão, o convívio com cavalos também é parte essencial na busca por mais qualidade de vida para as pessoas com deficiência. A Equoterapia, método terapêutico que utiliza a monta dos animais, tem ajudado 55 usuários da Apae de Viana que participam deste projeto da instituição. Uma destas pessoas é o estudante Octavio Victor Calaes Machado, de 21 anos, que tem autismo severo e é não-verbal.

Continua depois da publicidade

A partir da participação no projeto que a unidade tem em parceria com a Penitenciária Agrícola do Espírito Santo (Paes), onde ele faz as sessões semanais de 30 minutos com o auxílio de especialistas e internos do local, ele passou a ter mais qualidade de vida no seu dia a dia, somando resultados positivos para o seu desenvolvimento físico e cognitivo.

“Foram muitos os benefícios: ele não faz movimentos de tronco, mas enquanto está em cima do cavalo, ele consegue ficar parado e com o corpo ereto. Ele também tinha um joelho deformado por causa dos movimentos repetitivos, e com a Equoterapia ele voltou ao normal”, conta a mãe de Octavio, a assistente social da Apae de Viana Elida Fabiane Betine Calaes Machado.

Ela também destaca que as sessões deixam o filho mais tranquilo e sociável, e esses efeitos duram até três dias depois das aulas. Outro ponto é a capacidade de concentração dele, que também melhorou com o tempo. “Segunda-feira é o dia da semana quando ele fica mais feliz porque sabe que vai andar a cavalo. Ele ajuda a dar banho no animal, vai todo animado para a Equoterapia”, conta.

Continua depois da publicidade

Elida explica que essa é uma terapia nova e são poucos os profissionais aptos para aplicarem a metodologia que apresenta um resultado muito rápido e facilmente perceptível. “Não dá para sabermos a dimensão do impacto desse tratamento. Na Apae de Viana temos fisioterapeuta, pedagogos, psicólogos e fonoaudiólogos que atuam juntos em prol do desenvolvimento dos usuários e estão acompanhando a aplicação do método”, explica.

O projeto de Equoterapia

Realizado desde 2015 em parceria com a Penitenciária Agrícola do Espírito Santo (Paes), o programa de Equoterapia da Apae de Viana foi interrompido em 2020 como medida de prevenção contra a Covid-19, mas em março deste ano as atividades foram retomadas.

Além de especialistas nas áreas de saúde, educação e equitação que acompanham as sessões, os internos da penitenciária também ajudam a cuidar do espaço e dos animais, auxiliando durante os atendimentos.

Advertisement
Continua depois da publicidade

O método terapêutico e educacional da Equoterapia utiliza o cavalo em uma abordagem multidisciplinar e interdisciplinar. A partir da interação do cavalo, desde o cuidado inicial com o animal até na monta, há a melhora do equilíbrio e postura, além de estimulação sensorial, melhora do tônus muscular, entre outros benefícios.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here