Cidades

Prefeitura de Itapemirim paga R$ 1,5 milhões em dívidas para a Santa Casa, que administra o hospital Menino Jesus

COMPARTILHE
Com parcelas em atraso desde o mês de abril, a Prefeitura de Itapemirim realizou nesta sexta-feira (5), o pagamento de R$ 1.579.629,64 (um milhão
73
Advertisement
Advertisement

Com parcelas em atraso desde o mês de abril, a Prefeitura de Itapemirim realizou nesta sexta-feira (5), o pagamento de R$ 1.579.629,64 (um milhão quinhentos e setenta e nove mil, seiscentos e vinte e nove reais e sessenta e quatro centavos), ao Hospital Santa Casa, que administra o Hospital Menino Jesus.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Ao assumir a prefeitura a gestão atual determinou que a Secretaria de Saúde realizasse um levantamento da situação do Hospital Menino Jesus. Foi identificado que o Município estava devendo um total de R$ 5.629.629,64 (cinco milhão seiscentos e vinte nove mil, seiscentos e vinte reais e sessenta e quatro centavos) à Santa Casa.

Referente ao contrato de “Gestão Administrativa do Hospital Menino Jesus”, que foi firmado em 18 milhões, com parcelas mensais de 1,5 milhões, em todo o ano de 2022 apenas três parcelas haviam sido pagas, acumulando uma dívida de 4,5 milhões de reais até 1º de julho.

Sobre o serviço de hemodiálise, o poder executivo estava em débito com a Santa Casa no valor de R$ 1.129.629,64 (um milhão cento e vinte nove mil, seiscentos e vinte nove reais e sessenta e quatro centavos), que é equivalente a um parte da terceira parcela, e as parcelas 4,5 e 6 em suas totalidades.

Continua depois da publicidade

“Esses atrasos são absurdos. A nossa prioridade será realizar outros pagamentos para quitar esse débito, e trabalhar em dia com a saúde pública”, garantiu o Secretário Municipal de Saúde, Joseli José Marquezini.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here