Grande Vitória

Ônibus atropela mulher na calçada e empresa é obrigada a indenizá-la em mais de R$ 60 mil

COMPARTILHE
Uma mulher, que foi atropelada na calçada de um ponto de ônibus enquanto retornava para casa, entrou com uma ação indenizatória contra a em
292
Advertisement
Advertisement

Uma mulher, que foi atropelada na calçada de um ponto de ônibus enquanto retornava para casa, entrou com uma ação indenizatória contra a empresa de transportes e uma seguradora. O juiz da 2ª Vara Cível da Serra condenou a companhia a indenizá-la em R$ 60 mil, por danos morais sofridos, além de ter que arcar com os gastos do tratamento hospitalar.

Advertisement
Continua depois da publicidade

De acordo com a vítima, o acidente aconteceu em frente ao Hospital Dório Silva, para onde ela foi levada ao ser socorrida. No entanto, devido a seu estado delicado, a mulher foi transferida para outro hospital, onde chegou em coma e esteve internada por dez dias.

A requerente alegou, ainda, estar em uso de anticonvulsivante profilático, por conta de uma contusão cerebral que ocorreu depois de sofrer traumatismo craniano grave, em decorrência do atropelamento.

A empresa de transportes, apesar de confirmar a veracidade dos fatos narrados, contestou alegando que o motorista do coletivo, após perceber falhas no freio do veículo, teria perdido o controle da direção. No entanto, o magistrado entendeu que a vítima sofreu prejuízos com gastos hospitalares e de transporte, condenando a companhia a pagar indenização por danos materiais em um valor que ainda deverá ser apurado. O juiz também reconheceu o transtorno e o desconforto sofrido, condenando a ré a pagar R$ 60 mil a título de danos morais.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here