Esporte Nacional

Rony comemora volta no Palmeiras e prevê jogo 'bem complicado' com o Atlético-MG

COMPARTILHE
18
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Rony sempre foi considerado uma das armas de Abel Ferreira para deixar o ataque do Palmeiras mais rápido e envolvente. Artilheiro histórico do clube na Libertadores, com 18 gols, o jogador desfalcou a equipe em seis partidas, mas está pronto para ser novidade na batalha da volta das quartas de final contra o Atlético-MG, nesta quarta-feira, no Allianz Parque. Desde o início ou como opção, o jogador não esconde a felicidade pelo retorno e aposta em um embate “bem complicado” com os mineiros.

Continua depois da publicidade

Rony foi substituído no empate sem gols com o Fortaleza, no dia 10 de julho, no Castelão, reclamando de incômodo muscular. Uma lesão na coxa esquerda acabou identificada e desde então ele faz tratamento intensivo para ajudar o Palmeiras nas partidas decisivas do ano.

No sábado, para readquirir ritmo de jogo e não chegar ao duelo com o Atlético-MG como uma incógnita, Rony foi a campo após intervalo contra o Goiás e mostrou que as dores ficaram para trás. Ele festeja o retorno e revela que ficar na torcida causa muita aflição.

“Fiquei muito feliz pela minha volta e feliz também pelo resultado do final de semana (3 a 0). Nós sabíamos que não seria um jogo fácil, mas a nossa equipe está de parabéns, pois soube suportar bem e colocar também o nosso ritmo de jogo”, disse. “O tempo que fiquei parado foi difícil, assistir aos jogos pela televisão é muito ruim. Sofri bastante, principalmente na eliminação para o São Paulo (na Copa do Brasil, em decisão de pênaltis), mas ao mesmo tempo isso me deu muitas forças para trabalhar e voltar logo”, seguiu.

Continua depois da publicidade

Apesar de querer retornar a campo o quanto antes, Rony garante que não quis antecipar etapas e correr riscos desnecessários. “Eu sempre tive em mente o foco de fazer os trabalhos de forma correta para voltar mais rápido e bem. Então, estava morrendo de saudade e voltar diante do nosso torcedor foi uma felicidade imensa”, festejou. “Espero agora dar continuidade já amanhã (quarta-feira), que será um jogo muito difícil. Acredito que estamos todos muito concentrados e focados para fazermos uma grande partida.”

Rony é um dos artilheiros da atual edição da Libertadores ao lado do companheiro Rafael Navarro, do flamenguista Pedro, e de Janson, do Vélez Sarsfield, todos com sete gols, o que o motiva ainda mais a brilhar contra o Atlético-MG. Nada, porém, de desmerecer o oponente.

“A Libertadores é uma competição muito difícil, todos os clubes querem vencer. Acredito que vamos enfrentar neste jogo da volta um cenário bem complicado, pois o Atlético vem de derrota e dará a vida aqui”, previu. “A gente sabe da importância do jogo para nós e estamos todos muito focados para fazer uma grande partida. Contamos com a força dos nossos torcedores, que possam nos apoiar em todos os minutos porque, com certeza, vamos buscar o resultado e a classificação.”

Advertisement
Continua depois da publicidade

Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here