Esporte Nacional

Benzema inicia temporada sem pensar na Bola de Ouro: 'Não está na minha cabeça'

COMPARTILHE
19
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Dono de números incríveis e atuações decisivas na temporada passada, Karim Benzema inicia uma nova temporada com o Real Madrid nesta quarta-feira, em duelo com o Frankfurt, na decisão da Supercopa da Europa. Em Helsinque, na Finlândia, o francês foi questionado em coletiva de imprensa sobre a possibilidade de ser agraciado com o prêmio Bola de Ouro em outubro. Ao responder, garantiu que não está preocupado com isso no momento.

Continua depois da publicidade

“Não sou eu quem decide se sou o melhor ou não. Cada ano dou o máximo para aquele que para mim é o melhor clube do mundo. Meu nível a cada ano tem que ir para cima”, comentou. “A Bola de Ouro não está na minha cabeça. Cada ano, quando tenho oportunidade de ganhar troféus, não deixo de pensar na minha equipe. O individual vem logo depois, mas é importante ganhar coisas com a equipe”, concluiu.

Benzema anotou 44 gols e 15 assistências em 46 jogos pelo time merengue durante a temporada 2021/2022. Além disso, foi fundamental na campanha do título da Liga dos Campeões, tanto que marcou hat-tricks contra PSG e Chelsea nas oitavas e quartas de final, respectivamente, além de ter balançado a rede três vezes na soma dos jogos de ida e volta contra o Manchester City, na semifinal.

O francês vive um momento de liderança, desfecho de um processo que começou com a saída de Cristiano Ronaldo em 2018 e se solidificou com a passagem de bastão de Marcelo para ele. Depois que o brasileiro também deixou o clube, o agora capitão Benzema se firmou de vez como líder da equipe. “Depois da saída do Cristiano é certo que fiz muito mais gols, mas antes eu fazia outro tipo de jogo, como assistente. Ele me ajudou muito dentro e fora de campo. Sabia que podia dar mais e, quando ele se foi, tive que mudar meu jogo e minha ambição”, avaliou.

Continua depois da publicidade

A atual fase vivida pelo atacante de 34 anos o torna insubstituível aos olhos do treinador Carlo Ancelotti, até porque o elenco merengue não possui um jogador com as mesmas características. Mesmo assim, o treinador não faz questão que a diretoria contrate um camisa 9, pois confia nas opções versáteis que tem para montar o ataque.

“Atacantes demos muitos, uma lista boa de jogadores como Karim, Hazard, Rodrygo, Asensio e Vinícius. É claro que sua equipe é afetada quando te falta o melhor atacante do mundo no momento, mas temos soluções alternativas”, avaliou Ancelotti. “Subsituir Karim neste momento é impossível. Não um atacante que possa fazê-lo”, concluiu.

Frankfurt e Real Madrid se enfrentam a partir das 16 horas (horário de Brasília) desta quarta-feira, no Estádio Olímpico de Helsinque.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Estadao Conteudo
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here