Grande Vitória

Vitória recebe festival internacional ‘Dança em Trânsito’ nesta sexta e sábado

COMPARTILHE
O público de Vitória poderá conferir o festival a partir de 22 de julho no Teatro Vitória, no Centro Cultural SESC Glória, onde se apresenta
30
Advertisement
Advertisement

O público de Vitória poderá conferir o festival a partir de 22 de julho no Teatro Vitória, no Centro Cultural SESC Glória, onde se apresenta o Grupo Tápias, às 20h. A companhia associada ao Espaço Tápias e a todas às suas realizações estreia Café não é só uma xícara. Com coreografia e direção artística de Flávia Tápias, em que são evocados sentimentos e sensações associados  à bebida. Com patrocínio do Instituto Cultural Vale, o espetáculo fará 20 apresentações no Brasil e na França. O Grupo Tápias abriu audições para selecionar parte do elenco, que é formado por brasileiros e estrangeiros: “O espetáculo começou a ser pensado há mais de três anos. Chegamos a apresentar um work in progress em 2019, mas, por conta da pandemia, adiamos a estreia para este ano”, comenta Flávia Tápias. Na sequência, a francesa Cie Felinae, de Maxime Cozic, encerra a noite com o solo Emprise.

Advertisement
Continua depois da publicidade

No sábado 23 de julho, a italiana Companhia Panzetti & Ticconi leva a premiada coreografia AeRea ao Parque Botânico Vale, com entrada franca, a partir das 10h; seguida pela companhia de dança Corpus entre Mundos, de Brasília, com o espetáculo Ekesa-Sanko; pela Focus Cia de Dança, com Grand Pas, e a NIMO Cia de Dança, com Adapta-bilidade. O Teatro Glória abriga as últimas duas apresentações do dia, a partir das 19h, com Harleking, da Companhia Panzetti & Ticconi, e Emprise, da Cie Felinae.

Entre 12 e 18 de setembro, o Dança em Trânsito desembarca mais uma vez em Paris com apresentações e workshops de artistas e companhias brasileiras, como Márcia Milhazes, Renato Vieira, Gleidson Vigne, Cia Gente e Cia do Pantanal, Jessé Batista. O circuito parisiense passa pelo centro cultural Le Carreau du Temple; MPAA /Saint-Germain; Le Regard du Cygne; Embaixada do Brasil; e ainda em espaços públicos como a Place de Fêtes.

 

Estreia nacional do Grupo Tápias é um dos destaques desta edição

Continua depois da publicidade

O Dança em Trânsito é um dos mais longevos festivais de dança contemporânea do Brasil, o Dança em Trânsito completa 20 anos com uma edição comemorativa que se estende por mais de três meses, percorrendo todas as regiões do país, incluindo uma parada em Paris no mês de setembro. Da estreia em 14 de julho, até o encerramento, em 23 de outubro, 41 companhias e artistas do Brasil, Coreia do Sul, Eslovênia, Espanha, França, Itália e Suíça ocupam palcos e espaços públicos de 13 capitais brasileiras e 17 outras cidades com espetáculos, residências, intercâmbios e oficinas. Espírito Santo recebe o festival entre os dias 21 e 23 de julho. O 20º Dança em Trânsito é apresentado pelo Instituto Cultural Vale.

Com realização e produção do Espaço Tápias e direção artística e curadoria de Giselle Tápias e Flávia Tápias, o festival internacional Dança em Trânsito acumula, desde 2002, números superlativos, com cerca de mil apresentações em mais de 30 cidades, no Brasil e no exterior, envolvendo uma centena de companhias oriundas de 16 países, vistas por mais de 60 mil pessoas. Em 2020, durante a pandemia, realizou uma versão online – indicada ao Prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), na categoria “Difusão” – e, em 2021, a primeira edição híbrida, com passagem por 25 cidades.

“Quando criamos o Dança em Trânsito em 2002, pensamos não apenas em fazer mais um festival de dança, mas contribuir, de alguma forma, para um maior intercâmbio entre artistas do Brasil e do exterior e para a democratização da dança, seja com a itinerância por outras capitais e pequenas cidades com pouco acesso à cultura, ou com a ocupação de espaços públicos em apresentações gratuitas, ou ainda abrindo espaço na programação a companhias e artistas fora do eixo Rio-São Paulo”, explica Giselle Tápias. “Ainda dentro desse propósito, desenvolvemos oficinas e residências com bailarinos e coreógrafos brasileiros e estrangeiros nas cidades por onde passamos e capacitação para professores multiplicadores. São ações das quais não abrimos mão ao longo dessas duas décadas, mesmo nos anos em que tivemos que adaptar o festival à situação econômica da época”, celebra.

Advertisement
Continua depois da publicidade

 

Dança em Trânsito – 20ª Edição

Programação completa e inscrições para oficinas: www.dancaemtransito.com.br

 

Serviço:

Data: 22 e 23 de julho

Local: Centro Cultural SESC Glória (Teatro Vitória)

Endereço: Av. Jerônimo Monteiro, 428 – Centro, Vitória

Horário: 19h

Ingressos: R$ 40 / R$ 20

Data: 23 de julho

Local: Parque Botânico Vale

Horário: 10h

Ingressos: entrada franca

Apresentação e Patrocínio master: Instituto Cultural Vale

Patrocínio: Engie

Direção geral: Giselle Tápias

Direção artística e curadoria: Giselle Tápias e Flávia Tápias

Direção de produção: Norma Thiré

Contatos artísticos: Larissa Emi

Contatos com instituições, patrocínios e parcerias: Letícia Kaminski

Produção Executiva: Karoli Andrade e Sonia Reinstein

Identidade visual, web design: Fernanda Valois | TRUQUE

Design gráfico: Fernanda Valois | TRUQUE, Letícia Andrade e Julia Werneck | Nós Comunicações

Coordenação técnica e de palco: Louis Radavelli

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here