Cidades

IX Salão de Artes Levino Fanzeres premia vencedores

COMPARTILHE
Na noite desta quarta-feira (6), a Prefeitura de Cachoeiro premiou os autores das obras vencedoras do IX Salão de Artes Levino Fanzeres.
Cerimônia de premiação foi realizada nesta quarta (6). Foto: Márcia Leal/PMCI
35
Advertisement
Advertisement

Na noite desta quarta-feira (6), a Prefeitura de Cachoeiro premiou os autores das obras vencedoras do IX Salão de Artes Levino Fanzeres. A cerimônia foi realizada na Casa da Memória, onde estava em cartaz a exposição, intitulada “O novo normal: perdas e recomeços”.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Durante um mês, a mostra apresentou 15 trabalhos de artistas de diversas regiões do Brasil. Eram pinturas, esculturas, fotografias e peças de outras modalidades artísticas que dialogavam com o tema proposto. A curadoria da exposição foi feita pelo gerente de centros culturais da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult), Mário Ferreira.

Foram premiados os três trabalhos mais bem avaliados pela comissão julgadora do Salão. Os critérios em questão foram: proposta, adequação ao tema proposto, mérito e relevância artística ou cultural, contemporaneidade e currículo do artista.

Ao todo, foram R$ 6 mil em prêmios. O vencedor recebeu R$ 3.000,00, já o segundo e terceiro lugar levaram, respectivamente, R$ 2.000,00 e R$ 1.000,00.

Continua depois da publicidade

O trabalho vencedor foi uma escultura em resina com pó de mármore, intitulado “Resiliência em tempos de pandemia”, de Maria Fernanda Peters, de São Paulo. A artista buscou retratar a forma como muitas pessoas lidaram com as consequências da pandemia de Covid-19.

“Eu agradeço pela oportunidade de apresentar meu trabalho sobre tema tão relevante e tão recente. A pandemia nos tocou de uma maneira única e, ao mesmo tempo, coletiva. Poder me expressar sobre como me senti em relação a isso é um privilégio. Como artista, agradeço a Cachoeiro por olhar para a cultura e para os artistas”, disse Peters, em vídeo gravado especialmente para a cerimônia.

Também foi premiada, com troféu, a obra mais bem avaliada pelo público que visitou a exposição. O artista ganhador foi o paulista Carlos Eduardo Rodrigues dos Santos, com o trabalho “Ainda ontem”, de desenhos feitos com canetas esferográficas sobre papel.

Advertisement
Continua depois da publicidade

“Nosso objetivo, enquanto gestão, é apresentar as artes plásticas, visuais e clássicas ao grande público. Por isso, a importância de ações como essa. As pessoas precisam conhecer esse tipo de arte e a importância dos artistas e da cultura na construção da sociedade”, salienta a secretária de Cultura e Turismo de Cachoeiro, Fernanda Martins.

Confira os artistas vencedores:

1° lugar
Maria Fernanda Peters – São Paulo
“Resiliência em tempos de pandemia”

2° lugar
Gabriel Mendonça Bernardo – Rio de Janeiro
“Múltiplos mundos”

3° lugar
Beraldo Moody – Bahia
“O que restou de nós #1”

Artista de São Paulo ficou com o primeiro lugar.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here