Política Regional

Troca de vereadores: recontagem de votos promove mudanças na Câmara de Itapemirim

COMPARTILHE
Camara Municipal de Itapemirim vereador
525
Advertisement
Advertisement

A Câmara de Vereadores de Itapemirim passa por mudanças. A Justiça Eleitoral cassou o mandato do vereador Julio César Carneiro, mais conhecido como Julinho (Cidadania). De acordo com a decisão, em 2ª instância, foi constatada fraude na cota de gênero do partido. Estevão Silva Machado (PSDB) deve assumir a cadeira nos próximos dias. Cabe recurso.

Continua depois da publicidade

A história começou com a suspeita de que a chapa de vereadores do Cidadania no município fraudou a cota de gênero. A Justiça Eleitoral exige que ao menos 30% das vagas sejam destinadas às mulheres. Segundo o processo, uma candidata a vereadora não participou das eleições efetivamente.

Os votos do Cidadania, que tinha eleito um vereador eleito, foram anulados. O partido recorreu, mas a sentença se manteve na 2ª instância. ”Ocorreu uma nova recontagem dos votos na última terça-feira (10). No novo cálculo, o eleito foi Estevão Silva Machado. Agora, será marcada a data para ele ser empossado e assumir o cargo”, informou uma fonte.

O outro lado

A advogada que defende os acusados, Mariane Sacramento, afirma que vai recorrer da decisão. “O processo ainda não finalizou. Vamos recorrer e aguardar um pronunciamento do TSE”, informou, em nota.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here