Segurança

Polícia Militar Ambiental deflagra operação contra desmatamento irregular em Domingos Martins

COMPARTILHE
276
Advertisement
Advertisement

A Polícia Militar Ambiental (BPMA), o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (IDAF), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA) e a Secretaria Municipal de Planejamento de Domingos Martins realizaram, nesta sexta-feira (13), a Operação “Curupira” na região Serrana do Estado, com objetivo de prejudicar ações de crimes ambientais, dentre eles, o de desmatamento irregular.

Continua depois da publicidade

De acordo com a Polícia Ambiental, esse tipo de agressão ao meio ambiente vem ocorrendo de forma desenfreada na região e, por isso, foi necessário deflagrar a operação em Domingos Martins, região com grande área de Mata Atlântica.

Por meio de denúncia anônima, foi possível chegar a duas barragens e 44 planaltos embargados, dentre eles, nove com construção em andamento e sem licenças ambientais. Em um dos terrenos vistoriados havia, inclusive, uma retroescavadeira.

Continua depois da publicidade

O subcomandante da Polícia Militar Ambiental, major Luchi, ressaltou a importância de ações como essa. “O objetivo principal da Operação Curupira é a proteção da Mata Atlântica na região de montanhas capixabas. Como consequência do desenvolvimento urbano e turístico na região, a especulação imobiliária tem exercido uma forte pressão sobre a preservação do meio ambiente. Então, a operação visa coibir desmatamento, parcelamentos irregulares de solo para salvaguardar a Mata Atlântica.” 

A operação recebeu o nome de Curupira por se tratar de um personagem do folclore brasileiro tido como o protetor das matas. Segundo a Polícia Ambiental, as ações de fiscalização continuarão sendo realizadas na região.

Advertisement
Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here